KadantNotíciasTissue no Brasil

Kadant oferece soluções sustentáveis para o reuso de água

A empresa tem o compromisso de proporcionar aos seus clientes a otimização e sustentabilidade em seus respectivos processos

Racionalizar o consumo de água fresca é uma necessidade no Brasil, principalmente nas épocas de estiagem. Tendo em vista a regulamentação mais severa para a captação de água e emissão de efluentes nas fábricas de celulose e papel, muitas empresas já buscam por tecnologias e soluções para otimizar o reuso de água em suas fábricas, seguindo caminhos similares a fábricas localizadas na América do Norte e Europa, as quais já enfrentam estes desafios há muitos anos.

Para cada 1m³ de água reutilizada, é possível evitar a capitação de 1m³ de água bruta, que ainda precisa ser aquecida e tratada para os devidos fins.

Entre os tipos de água utilizadas que podem ser encontradas nas fábricas de papel e celulose, estão:

  • Água Bruta – Água sem tratamento, de origem de rios, lagos, poços etc. Normalmente filtrada com malhas mais abertas.
  • Água Fresca – Água com origem da ETA do município ou da própria fábrica. Tipicamente pré-filtrada com filtros de areia e total de sólidos suspensos abaixo de 50ppm.
  • Água Morna – Combinação do reuso de água fresca ou bruta com água que retorna das linhas de utilidades da fábrica. Não contém fibras, mas a qualidade pode variar brutalmente de fábrica para fábrica.
  • Água Branca – Água removida no processo de drenagem do papel ou celulose nas seções de formação e prensagem das máquinas. A maior fonte de água das fábricas e com alta concentração de fibras.

Como referência para avaliar a eficiência do consumo específico de água nas fábricas, confira o benchmarking segundo a TAPPI TIP 0404-63 na produção de papel e celulose:

SISTEMAS DE FILTRAGEM

Um sistema ideal de filtragem para de reuso de águas tem como objetivo a recuperação de água do processo, assim como a energia térmica e fibras contida nesta fonte.

A Kadant tem o compromisso de proporcionar aos seus clientes a otimização e sustentabilidade em seus respectivos processos e, para isso, investe constantemente em pesquisa e desenvolvimento, obtendo um portfólio rico em soluções tanto na recuperação de água quanto na recuperação de fibras.

Entre algumas destas soluções, destacam-se:

FILTRO ROTOFLEXTM

Com capacidade de até 340m³/h e 10.000ppm, esta é uma aplicação muito comum na recuperação de água branca para uso em chuveiros, proteção de torres de resfriamento e água de selagem de bombas de vácuo, assim como na recuperação de fibras em substituição a filtro de discos, pré-alimentação de DAF ou clarificadores, entre outros pontos da máquina.

Uma solução de simples instalação e manutenção, combinada com baixo custo de operação. Conheça mais do Rotoflex clicando aqui e aqui ou no vídeo abaixo:

FILTRO ERGO COM SISTEMA DE RETROLAVAGEM

O filtro pressurizado “Ergo” pode ser utilizado na remoção de contaminantes em uma variedade de aplicações, tal como o polimento de água morna ou fresca para proteção de chuveiros de baixa e alta pressão. A quantidade de elementos é definida conforme a vazão e concentração de sólidos da água.

É equipado com válvulas atuadas pneumaticamente e um painel de controle. A retrolavagem dos elementos pode ser programada para limpeza automática de acordo com a variação do diferencial de pressão ou determinado intervalo de tempo.

Este filtro foi projetado com design ergonômico e de fácil manutenção e acesso, respeitando as mais rígidas exigências de segurança. Saiba mais detalhes deste filtro clicando aqui e no vídeo abaixo:

FILTRO DE LINHA PRESSURIZADO

Certamente, é um dos filtros mais consolidados no mercado de papel e celulose, comumente aplicado no polimento e proteção de chuveiros de baixa e alta pressão, assim como em chuveiros pichassos.

Pode ser fornecido com configuração simples ou duplo, pensando em aplicações contínuas que necessitam um elemento a todo momento em operação e outro em stand-by para eventual by-pass para manutenção ou limpeza. Saiba mais neste link.

FILTRO V-FORCE

Diferentemente dos demais filtros que possuem a característica de separação mecânica de partículas e contaminantes, o V-Force tem a capacidade de separação de partículas por diferença de densidade. Partículas com densidade superior a 1,7g/cm³ são facilmente removidas, ainda podendo remover mais 50% dos sólidos menores de 40µm.

Entre as aplicações mais comuns, pode-se citar a proteção de trocadores de calor a placas, torres de resfriamento, bombas e chuveiros. Saiba mais clicando aqui.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo