CeluloseNotícias

Funcionário morre em fábrica da CMPC

Conforme a Polícia Civil, Marcos Antônio Nunes Pereira, 51 anos, analisava uma máquina quando ocorreu o acidente na Celulose Riograndense

Um trabalhador morreu após ser prensado por um equipamento durante o turno de trabalho na CMPC Celulose Riograndense, em Guaíba, na noite desta quarta-feira (13). Ele foi identificado como Marcos Antônio Nunes Pereira, 51 anos.

Segundo o delegado Luís Antônio Reis Firmino, o homem era colaborador antigo da empresa e estava fazendo o diagnóstico de um equipamento com problema quando a máquina teria começado a funcionar sozinha, por volta das 23h. O funcionário foi prensado por “braços” mecânicos usados para empacotar papéis.

Ainda conforme a Polícia Civil, o homem e outros funcionários usavam equipamentos de segurança. O Instituto-Geral de Perícias enviou uma equipe de engenheiros ao local para verificar as condições da máquina.

— O caso, por enquanto, é tratado como acidente de trabalho em razão da conduta do funcionário. Mas agora vamos apurar por que a máquina começou a funcionar e se houve negligência de algum colega, de alguma pessoa que estava ali — esclarece o delegado.

Em nota, a CMPC confirmou o acidente e disse que está prestando assistência à família da vítima.

Confira o comunicado:

“A CMPC confirma que no fim da noite de ontem (13/2) em Guaíba, um de nossos colaboradores envolveu-se em um acidente durante suas atividades na área industrial, vindo a falecer.
A empresa está tomando todas as providências para dar a assistência necessária à família.
A empresa está colaborando com as investigações das autoridades, e também irá apurar o caso internamente.
Aguardamos o resultado das investigações que devem esclarecer as causas do acidente.
Lamentamos profundamente o ocorrido e nos solidarizamos com os familiares e amigos de nosso estimado colaborador”.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Baixe nosso e-book!

Conheça OS PRINCIPAIS fabricantes de papel tissue do Brasil e suas capacidades produtivas.

Este levantamento apresenta os principais fabricantes de papel tissue no Brasil em ranking definido por capacidade produtiva instalada.