NotíciasPapel Cartão

Fábrica da Papirus receberá investimento de R$ 30 milhões

O objetivo é a expansão da unidade fabril, localizada em Limeira (SP), visando a projeções positivas para os próximos anos

Uma das principais indústrias de papel cartão do Brasil, a Papirus vai investir R$ 30 milhões para expandir a produção de sua unidade fabril, localizada em Limeira (SP).

De acordo com a empresa, o investimento leva em conta uma projeção positiva para os próximos dois anos e um “salto de produção” após 2023. A empresa espera aumentar, até 2022, sua capacidade produtiva atual, de 110 mil toneladas de papel,para 123 mil toneladas por ano.

A ampliação desse patamar, no entanto, não será suficiente para atender a uma demanda cada vez mais crescente por embalagens de papel, motivada em parte pela pandemia de Covid-19, segundo a Papirus. “A empresa já trabalha em um novo projeto, que pode englobar a construção de mais uma máquina de cartão e terá foco em uso de fibra reciclada e economia circular”, afirma a companhia.

 

Em 2020, a Papirus teve um crescimento total de 9% nas vendas, sustentado pela demanda de setores como o de embalagens para delivery e fast food, que avançaram com a pandemia. Tal resultado auxiliou a compensar o declínio em outros mercados, e ainda levou a Papirus a investir em novos produtos, com características como resistência à gordura, apropriados para serviços de entrega de alimentos.

A empresa também reportou alta nas exportações, em virtude da abertura de novos mercados antes mesmo da valorização da moeda americana. “Do total comercializado em 2020, 18% destinaram-se ao mercado externo, sendo que em alguns meses, como maio e junho, essa participação superou os 30%, em comparação aos 8% registrados em 2019”, declara a Papirus.

Fatores como o reposicionamento da marca e o engajamento dos colaboradores também são apontados pela companhia como importantes para o crescimento e as expectativas que ancoram o aporte de R$ 30 milhões.

“Esta é uma decisão estratégica que não depende da conjuntura, e que está alinhada à posição sólida que a companhia alcançou a partir do planejamento estratégico realizado em 2018, o que incluiu a ampliação da produção e o lançamento de produtos inovadores para atender às novas tendências de consumo”, explica o diretor comercial e de marketing e co-CEO da Papirus, Amando Varella, sobre os investimentos na organização.

Fonte
O Liberal
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo