CeluloseNotícias

Exportações de celulose sofrem queda de mais de 55% no MS

Apesar disso, a matéria-prima é o item mais exportado no estado e segue em 1º lugar no ranking

A exportação de celulose teve queda de 55,9% no Mato Grosso do Sul em janeiro de 2021 em comparação ao mesmo mês de 2020. Apesar disso, a matéria-prima é o item mais exportado no estado e segue em 1º lugar no ranking, com US$ 79.364 exportados.

O secretário de estado, Jaime Verruck, acredita que, apesar das mudanças no início de ano, o setor de celulose trará bons resultados para 2021.

O município que mais exportou no mês passado foi Três Lagoas, pautado pelas indústrias de celulose. Foram exportados US$ 90.334 em janeiro, representando 41,21% do total. Em seguida, aparecem Campo Grande (US$ 24.974), Naviraí (US$ 16.443) e Corumbá (US$ 14.939).

 

Ao todo, o estado exportou US$ 301 milhões em janeiro de 2021, uma queda de 15,2% em comparação ao mesmo período do ano passado, quando foram exportados US$ 355 milhões. O saldo da balança comercial fechou em US$ 131.291, valor também inferior aos US$ 158.158 registrados em janeiro de 2020.

O estado continua fortemente ligado à China, responsável por 15,4% das exportações.

Fonte
Mídia Max
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo