Celulose Notícias

Espanhóis estão em MS para conhecer indústrias

Comitiva foi formada, em sua maioria, por dirigentes de uma associação que reúne produtores e industriais do ramo

Foto: Reprodução TVC

Foto: Reprodução TVC

Empresários espanhóis, ligados à cadeia produtiva de madeira na Europa, visitaram Três Lagoas, Campo Grande e outras cidades de Mato Grosso do Sul, nos últimos dias, para conhecer os processos de cultivo de madeira e industrialização de papel e celulose. A parte principal da comitiva foi composta por dirigentes de uma associação que reúne produtores e industriais do segmento, com forte atuação na Espanha.

A Confemadera, sediada em La Coruña, organizou a visita ao Brasil – que vai durar até dia 23 – em parceria com a Câmara de Comércio de Santiago e da Plataforma de Negócios da Galicia no Brasil. Galicia, situada ao Norte do país, é uma região autônoma, grande produtora de madeira e produtos agrícolas.

Os objetivos da viagem não foram esclarecidos pelo grupo de estrangeiros, sobre a possibilidade de adquirir tecnologia para a produção de papel e celulose ou de investir no segmento na Espanha, a fim de competir com o Brasil – maior exportador mundial dos produtos e detentor da segunda maior reserva florestal de madeira de reflorestamento, com 456 milhões de hectares cultivados. O país líder em cultivo é a Rússia, com 463 milhões de hectares.

Em seu site, a Confemadera cita o potencial brasileiro para a produção de madeira, papel e celulose, além de demais itens ligados à cadeia. “A indústria florestal brasileira é caracterizada pela integração vertical de suas empresas a partir dos campos para o produto acabado, o trabalho de produção para o comércio”, diz trecho publicado ontem, sobre a visita ao país.
No geral, o site do grupo cita “necessidades” de aprimoramento da indústria nacional e oportunidades de expansão em outros países.

O diretor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Diógenes Marques, disse acreditar que os empresários tenham interesse em investir no Brasil. “Trata-se de 15 empresários, ligados ao setor florestal, que vieram conhecer de fato nossos desafios e potenciais e, evidentemente, oportunidades de mercado”, afirmou.

O Sebrae – responsável pelo programa Três Lagoas Florestal – considera que a visita seja resultado da iniciativa lançada em 2012, segundo Robson Trevisan, diretor do Painel Florestal.
Em Três Lagoas, os empresários conheceram a planta produtora da empresa Fibria, na quinta-feira. Ontem, o grupo seguiu para um encontro com o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB). Na semana que vem, os espanhóis seguem para São Paulo e o Paraná.

jptl.com.br/