fbpx


Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online
Banner Incape Portal Tissue Online


Notícias Tissue no Mundo

Crise leva Renova a tomar decisões estratégicas

renova-destacada-paper

Apesar de enfrentar diversos desafios, a empresa abriu lojas virtuais na China e agora tem como próximo alvo o México

A crise provocada pela pandemia do coronavírus levou a europeia Renova, o maior case de papel tissue do mundo, a enfrentar diversos desafios, desde reagir à corrida por papel higiênico a alterar a rotina da fábrica para evitar contaminações entre seus colaboradores.

De acordo com o presidente da empresa, Paulo Pereira da Silva, esse período tem sido um verdadeiro teste de stress para a companhia, famosa por seus produtos inovadores, marcados pelas cores e designs diferenciados. “Foi muito cansativo”. O executivo também admitiu que o papel higiênico pode tornar-se o símbolo da pandemia.

De acordo com o presidente, até o momento, não houve ninguém infectado pela Renova. “Mas antes do recolhimento, eu fiquei de quarentena, pois estive numa reunião com outros presidentes de empresas e um deles tinha a doença”, explica.

Há dois meses, no entanto, Paulo está indo todos os dias para a Renova. “Todas as pessoas que podiam estavam trabalhando em casa e, aos poucos, foram voltando. As que estão nas fábricas vieram todas trabalhar, até porque, no início da pandemia, houve aquela loucura toda pelo papel higiênico”, comenta.

Para suprir essa demanda, foi preciso “tomar decisões constantemente”, ele afirma. “Estávamos todos aprendendo a trabalhar de maneira diferente. Ninguém sabia muito bem como proceder, se era para usar máscaras ou não, o que se deveria desinfetar… A prioridade foi a proteção das pessoas, foi preciso que entrassem por um lado e saíssem por outro, os turnos foram desfasados, houve avisos, testes, desinfeções, materiais de proteção… Tivemos equipes de prevenção, umas ficavam 15 dias em casa e depois outras ficavam nos 15 dias seguintes, para o caso de haver alguém infectado numa dessas equipes. Nos escritórios, há mais afastamentos, há menos gente no refeitório. O trabalho na fábrica foi notável, as pessoas foram espetaculares”, pontua.

Crise leva Renova a tomar decisões estratégicas

LOJAS VIRTUAIS NA CHINA

Apesar da crise, a Renova abriu lojas vir­tuais na China, por meio de duas das mais relevantes plataformas de comércio eletrônico do país, nos quais colocou à venda os seus principais produtos, principalmente os lenços de papel, guardanapos e papel higiênico perfumados e coloridos, além de seu famoso papel higiênico preto.

Paulo explica que a companhia continua exportando para cerca de 70 países, mas em alguns, “vendem muito pouco”. A empresa agora tem como um de seus principais focos o México. “Espanha, França, Bélgica e Luxemburgo são os mercados mais importantes, são os que estão mais próximos. O Reino Unido tem crescido muito e há também os países bálticos, a Alemanha e a Suíça. Mas as duas prioridades neste momento – que são os mercados que estamos atacando da mesma forma como quando decidimos ir para a França ou para a Espanha – são a China e o México. Na China, a estratégia é quase inteiramente digital, enquanto, no México, poderá haver alguma produção local, não feita por nós, mas por alguém para nós”, encerra.

SOBRE A RENOVA

A Renova é uma marca europeia de produtos inovadores e de alta qualidade. Disponível em cerca de 70 países em todo o mundo, oferece designs coloridos e novas soluções funcionais por meio de produtos elegantes e ecologicamente corretos para casa e higiene pessoal. A empresa tem como principal diferencial abusar das cores, luzes e movimentos em suas criações.

Isso também pode ser interessante 👇🏻
• Helsten comemora 35 anos
• Tenha a gestão do seu parque fabril em tempo real
• Conforto e segurança são os diferenciais da Parafix