fbpx


Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online


Banner Incape Portal Tissue Online

Notícias Tissue na América Latina

Chile: Nova empresa chega ao mercado tissue

Trata-se da FPC Tissue, uma empresa familiar que fará parte da produção de tissue no mercado chileno. A empresa já iniciou uma fase de testes e está comercializando papel higiênico em feiras pelo país.

bandera_chile

O domínio de duas grandes empresas de tissue no mercado chileno pode acabar. A CMPC Chile e a SCA, recentemente acusadas de formarem um cartel, têm um novo concorrente.

Timidamente e sem muita badalação, a família Izquierdo, conhecida por seus negócios nas áreas de silvicultura, elétrica e de pesca, iniciou um período de testes de produção de tissue.

A Florestal Papéis Concepción (FPC) investiu US $ 150 milhões em uma planta de tissue que irá produzir 65 mil toneladas por ano e está localizada ao lado da fábrica de papelão ondulado que o grupo têm em um parque industrial.

No mercado, já se confirma que a empresa está “tateando” o cenário, e vendendo papel higiênico em alguns mercados pequenos no país, com a ajuda de pequenos distribuidores de marcas próprias.

“O que eles estão fazendo é para testar o produto. Como eles estão apontando para um produto tipo ‘premium’, eles estão vendo se as máquinas que possuem conseguem chegar a esse nível. Até agora têm corrido bem, pelo menos nenhum rolo de papel foi devolvido”, disse uma fonte próxima à empresa.

O start da FPC no mercado de tissue também inclui a fabricação de toalhas de cozinha, e uma vez que estes dois produtos atinjam um nível de lealdade por parte dos consumidores, já se discute a expansão da gama de produtos, como guardanapos e outros produtos tissue.

Mercado Chileno de Tissue

No Chile existem três empresas que concorrem o topo do mercado tissue: A CMPC, que em 2013 detinha 75% do mercado; SCA, com 11%, e Kimberly-Clark, com 4%. 10% são de marcas próprias.

Como é um mercado muito concentrado, a lealdade do consumidor é difícil de se obter por parte de novas empresas.

Europa e os EUA

No entanto, cerca de 90% da produção da FPC Tissue se destinada ao exterior, especialmente nos Estados Unidos e na Europa, onde os mercados são considerados “maduros” para esses produtos. O foco da empresa familiar, nesse sentido, é exportar bobinas de tissue utilizadas como insumo para a produção de papel higiênico.

“Se a intenção é exportar para esses mercados, teremos que ir para cima com uma oferta que tem de ser ainda mais atraente da que é fabricada localmente”, disse Izquierdo há dois anos.

latercera.com