BuckmanNotíciasTissue no Brasil

Buckman amplia capacidade de fabricação de produtos para crepagem

O objetivo da empresa foi melhorar o tempo de resposta e a economia para seus clientes no segmento de Tissue

Em 2012, a Buckman transferiu a fabricação de vários produtos químicos de crepagem para a fábrica de Sumaré, no Brasil, a partir da fábrica em Memphis TN, nos EUA, com objetivo de melhorar o tempo de resposta e a economia para seus clientes no segmento de Tissue para a crítica aplicação de crepagem.

Nos últimos dez anos, o mercado de Tissue na América Latina expandiu, adicionando mais de 1,5 milhão de toneladas de produção à região. Da mesma forma, a Buckman expandiu o volume e ofertas por meio da inovação de produtos. Grande parte do desenvolvimento de novos produtos foi focado em novos adesivos voltados para a fabricação de Tissue 100% de eucalipto em velocidades mais altas, possibilitadas pela instalação de novas linhas de produção em toda a região.

Com as preocupações relacionadas à robustez da cadeia de suprimentos devido à disponibilidade e custos de transporte, combinados com o aumento da demanda, foi uma evolução natural expandir a capacidade destes produtos na unidade de Sumaré (SP).

Nos últimos 24 meses, o portfólio de produtos de crepagem produzidos em Sumaré foi concluído para expandir a linha fabricada no Brasil. O primeiro portfólio expandido de produtos químicos produzidos localmente foi enviado aos clientes no terceiro trimestre de 2020 no prazo e atendendo a todas as expectativas de qualidade.

Essa mudança permite que as recentes tecnologias de crepagem da Buckman sejam ofertadas à sua base de clientes na América Latina, com garantia de fornecimento e prazos de entrega mais curtos. Em especial, dois novos produtos estão sendo embarcados: o adesivo de crepagem Bubond® 2651 e o release natural de óleo Busperse® 2096. No terceiro trimestre, o produto Bubond® 2646 também entrará na linha de produção expandida.

Esses produtos representam as novas ofertas de crepagem com foco em eucalipto. Eles foram desenvolvidos com uma ampla tolerância de perfil de umidade que fornece robustez de nip para fornecer alta intimidade da folha para estruturas de crepagem uniformes. O resultado é uma proporção melhorada de alongamento para crepagem em relação à química convencional, com a capacidade de reduzir custos e aumentar a produção ao mesmo tempo.

Com as preferências do consumidor no mercado da América Latina evoluindo de um mercado de uma folha simples para um mercado de folha dupla, os fabricantes estão tendo que ajustar as abordagens de produção. As ofertas competitivas de papéis de folha dupla exigem uma produção de gramatura significativamente reduzida na máquina, em torno de 13.5 a 14.5 g / m². Essas folhas de gramatura mais baixa exigem condições de máquina muito mais estáveis ​​para manter a eficiência operacional em comparação com a produção de folha simples mais forte e mais pesada. Essas novas ofertas de crepagem da Buckman são direcionadas especificamente para essas classes.

Se sua operação enfrenta dificuldade para manter a estabilidade da folha e a eficiência operacional com classes de gramatura mais baixa, a Buckman pode oferecer suporte com experiência em aplicações e tecnologia de crepagem de última geração fabricada localmente.

Para saber mais, acesse: https://tinyurl.com/YankeeCreping.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo