CeluloseNotíciasValmet

ARAUCO inicia nova parceria com a Valmet para se tornar a primeira fábrica de celulose autônoma

ARAUCO inicia nova parceria com a Valmet para se tornar a primeira fábrica de celulose autônoma

As indústrias de processos estão se movendo em direção à operação autônoma por meio da digitalização e conectividade de dados. A ARAUCO deu um passo nessa direção ao assinar um acordo com a Valmet para conduzir a linha 3 do projeto MAPA rumo à uma operação autônoma. O projeto de construção da nova linha é um grande investimento para expansão da capacidade atual de produção de celulose. Conforme anunciado em 2018, a Valmet fornece a secagem e o enfardamento de celulose, caldeira de recuperação e caldeira de biomassa para este projeto.

Charles Kimber, Vice-Presidente Sênior de Pessoas e Sustentabilidade da ARAUCO.

Este novo acordo de colaboração abrange todas as fases do projeto, desde o pré start-up até a operação contínua e estável. O contrato de cinco anos inclui o fornecimento de soluções de Internet Industrial (Soluções VII) com Mill Wide Optimization e aplicações de analítica avançada, bem como serviços especializados para melhorar a eficiência e lucratividade geral, coordenando e otimizando toda a fábrica. O suporte especializado é fornecido no local e remotamente, por meio dos Valmet Performance Centers.

“Desde que iniciamos o projeto MAPA, em 2011, nosso desejo era que o desenvolvimento do projeto não só representasse uma contribuição real para a região, mas também estivesse em linha com os padrões ambientais exigidos atualmente. Por isso, este projeto contemplou um amplo programa de investimentos em tecnologia, eficiência energética e big data, entre outros, que tornarão os processos muito mais eficientes. Nesse sentido, nossa parceria com a Valmet representa mais uma etapa no desenvolvimento sustentável do projeto. Acreditamos que é fundamental ter um aliado de classe mundial que garanta os padrões e a melhor tecnologia disponível no mercado hoje”, afirma Charles Kimber, Vice-Presidente Sênior de Pessoas e Sustentabilidade da ARAUCO.

“Esta é uma verdadeira parceria, onde juntos desenvolvemos a solução para melhor atender às necessidades da ARAUCO. Com essa configuração, utilizamos nosso vasto conhecimento de processo e automação e somos capazes de combinar nossa forte presença local com os recursos globais da Valmet. Nosso objetivo nesta primeira fase é garantir o comissionamento bem-sucedido do projeto MAPA, rápido start-up, curva de ramp-up e melhorar a eficiência geral e a lucratividade da fábrica nos próximos anos”, disse Félix Hernaiz, Gerente Geral da Valmet na região dos Andes.

Tales Ribeiro, Especialista em Internet Industrial da Valmet na América do Sul.

Tales Ribeiro, Especialista em Internet Industrial da Valmet na América do Sul, explica como essas soluções são desenvolvidas sob medida para a ARAUCO.

“A parceria de longo prazo permitirá a coleta de dados e análises profundas desde o início até a capacidade nominal de produção do projeto. Durante a fase de startup, ele apoiará a compreensão do processo durante o estado inicial da operação. Na fase de produção nominal, a otimização do desempenho será coordenada pelas soluções de Mill Wide Optimization e controlada por meio de Controladores Avançados de Processo (APCs), permitindo uma tomada de decisão unificada em tempo real para definir o plano de produção atual e futuro. O fechamento do ciclo de tomada de decisão permitirá o controle integrado de toda a fábrica entre as áreas de processo, proporcionando pontos de ajuste de qualidade e produção aos sistemas de controle (DCS ou APCs), visando a maximização da performance”, explica Tales.

COMBINANDO ANALÍTICA AVANÇADA E MILL WIDE OPTIMIZATION COM SUPORTE ESPECIALIZADO PARA ALCANÇAR O MELHOR DESEMPENHO

A solução Mill Wide Optimization, fdesenvolvida com exclusividade pela Valmet, fornecerá uma nova maneira de operar a fábrica com foco na lucratividade. O passo em direção às fábricas autônomas é automatizar a tomada de decisões no nível da fábrica para coordenar as áreas de processo para trabalharem juntas em objetivos comuns. As decisões automatizadas no nível da fábrica requerem um modelo de fluxograma de processo que inclui submodelos personalizáveis ​​das operações da unidade, considera as interações entre as operações da unidade por meio de fluxos de processo e níveis de armazenamento e rastreia os componentes, propriedades e custos do fluxo do processo.

O modelo de fluxograma de processo precisa ser dinâmico para levar em conta o estado atual e futuro da fábrica, lidar com os diferentes estágios do processo (paradas, partidas, mudanças de grade) e ser orientado por equação para aproveitar o poder da tecnologia de otimização moderna. A aplicação dessa tecnologia precisa ser on-line, em tempo real, e se ajustar às mudanças nas condições do processo para refletir o estado atual da fábrica.

A otimização do fluxograma do processo será usada para maximizar e estabilizar a produção da fábrica por meio de um planejamento de produção aprimorado, otimizando e visualizando as taxas e estoques de produção de celulose e licor, contabilizando paradas e desacelerações planejadas e não planejadas, respeitando os limites de produção e processo. Com a otimização do fluxograma de processo, é possível rastrear a qualidade da celulose ao longo do processo, projetar a qualidade futura e otimizar as metas de qualidade da celulose em cada idade do processo para atingir a qualidade desejada do produto final a um custo mínimo.

Além disso, a Valmet fornecerá otimizadores, monitoramento avançado e aplicações de predição para áreas de processos selecionadas com foco na secadora de celulose e caldeiras de energia e recuperação. Essas aplicações fornecem uma nova visão sobre o desempenho do processo e aplicações preditivas que incorporam inteligência artificial para auxiliar os operadores em suas tomadas de decisão diárias. Os controles avançados de processo melhorarão a estabilidade do processo e cada processo da unidade será otimizado para aumentar a produção e reduzir os custos operacionais.

A ARAUCO terá o suporte de especialistas da Valmet tanto na fábrica quanto remotamente por meio dos Valmet Performance Centers. Um especialista da Valmet estará diariamente na fábrica e os especialistas da Valmet farão visitas periódicas para avaliar como as metas de desempenho definidas são atendidas. Uma abrangente mineração de dados será implementada durante o período do contrato. Este é um estudo para identificar oportunidades de melhoria no desempenho da fábrica. A equipe de cientistas de dados e os especialistas em processos da Valmet trabalharão com as equipes do cliente para mergulhar profundamente nos dados históricos do processo da fábrica e realizar análises avançadas para usar os dados para identificar as oportunidades de melhoria.

“Este acordo combina Mill Wide Optimization, controles avançados de processo (APC), aplicações de analítica e serviços remotos dos Valmet Performance Centers para a linha 3 da ARAUCO. Estamos usando o Valmet Customer Portal como nosso espaço de colaboração digital para fornecer acesso fácil às aplicações avançados e a equipe de especialistas da Valmet”, complementa Jari Almi, vice-presidente de Internet Industrial da Valmet.

Um novo capítulo está começando para o mercado de celulose e papel. A Valmet é o único fornecedor de tecnologia capaz de fornecer essas soluções. Mais do que trabalhar com dados, esta é uma mudança de mindset, trabalhando de forma colaborativa combinando tecnologia, experiência e diferentes soluções integradas para a tomada de decisões.

Esta é a fábrica do futuro e a ARAUCO e a Valmet estão criando juntas essa jornada.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo