Notícias Personal Care

Voith apresenta solução para fabricação ecológica de não-tecidos

Dimona WLM1: Voith e Trützschler fazem com que a fabricação eficiente de não-tecidos ecologicamente corretos seja uma possibilidade

Com a nova WLM1 de sua linha de produção de não-tecidos, a Albaad, uma das maiores produtoras de lenços umedecidos (cosmetic wipes) do mundo, aposta na Trützschler Nonwovens e na Voith, duas líderes tecnológicas bem estabelecidas na área de não-tecidos úmidos.

Com a sua inovadora tecnologia WLS (wet-laid/spunlace), a Voith e a Trützschler asseguram uma produção flexível e eficiente de não-tecidos úmidos e hídrico-interligados de 100% de celulose na nova linha de produção WLM1 da Albaad. O cliente do projeto em Dimona, Israel, é a Albaad, uma das três maiores fabricantes de lenços umedecidos e produtos de higiene feminina do mundo.

Já na primeira fase após o start-up, a WLM1 atendeu totalmente às expectativas da Albaad: os não-tecidos fabricados a uma velocidade de mais de 200 metros por minuto apresentavam um produto de qualidade extremamente elevada. Por isso, Gadi Choresh, gerente de fábrica da Albaad, em Dimona, está satisfeito com o trabalho da Voith e da Trützschler: “A instalação e o start-up da máquina foram muito bem. Com seu profissionalismo e alto nível de comprometimento, a equipe garantiu o sucesso do projeto. A Albaad valoriza o compromisso de assistência a longo prazo para alcançar as propriedades da linha mesmo quando as coisas não acontecem conforme o esperado”.

Máquinas Voith e Trützschler para uma qualidade ótima

Para a produção “wet-in-wet” de seus não-tecidos, a Albaad utiliza exclusivamente fibras de celulose. No primeiro passo, para a formação do tecido, produz-se uma suspensão altamente diluída com água e alimentada no Voith HydroFormer. Uma manta de fibra homogênea se forma na tela inclinada da máquina. Em muitos aspectos, esse processo é semelhante à fabricação de papel. A Voith transferiu sua ampla competência em máquinas de papel para o conceito HydroFormer e, dessa forma, possibilita a produção de não-tecidos de alta qualidade neste segmento também.

A Voith e a Trützschler Nonwovens colaboraram novamente para implementar o projeto. A Trützschler foi em grande parte responsável pelas máquinas de colagem e secagem do tecido. A tecnologia AquaJet é líder no mundo na colagem de não-tecidos. Os jatos de água de alta pressão direcionados interligam as fibras individuais unicamente através do momento físico da água. O material obtém, assim, uma elevada resistência à tração e a sensação têxtil desejada sem o uso de quaisquer agentes de colagem ou fibras bicomponentes.

Na fábrica de WLS da Albaad, o secador inovador Streamliner de alto desempenho da Trützschler efetua a maior parte da secagem do material não-tecido. A seção do secador em espiral aumenta significativamente a velocidade do ar e, desta forma, obtém um desempenho ideal. Com a segunda etapa, vem outro componente do sistema da Voith, o de secagem MCB sem contato. Sua execução de maneira uniforme e estável, assegura o processo de secagem residual eficiente do material não-tecido.

Além disso, a Voith equipou a WLM1 com um sistema abrangente de controle de qualidade e processo. Ele monitora todos os parâmetros relevantes de produção e, assim, assegura de forma confiável um produto de alta qualidade.

Fabricação simples de lenços 100% biodegradáveis ​​e laváveis

A matéria-prima de celulose renovável é muito econômica e permite a fabricação de não-tecidos de alta qualidade com diferentes características. Um segmento de produto especial é o de lenços laváveis, que desintegram muito rapidamente na água em movimento, mas ao mesmo tempo, têm alta resistência quando molhados. Além disso, esses produtos são totalmente biodegradáveis. Os produtos de higiene produzidos na WLM1 são, portanto, perfeitos para ser usados como papel higiênico úmido, podendo ser simplesmente descartados no vaso sanitário. Eles dão uma contribuição importante para reduzir os entupimentos e falhas em nossos sistemas de águas residuais. Os produtos de higiene à base de celulose são consideravelmente mais aceitáveis ambientalmente do que os produzidos a partir de matérias-primas à base de óleo, e garantem que os nossos mares se tornem menos poluídos com resíduos de plástico.

A segunda matéria-prima necessária para a produção, a água, também é usada de maneira ambientalmente compatível, através da tecnologia “wet-in-wet”. Em um circuito, um sistema de filtração trata a água branca do HydroFormer e do AquaJet e a devolve ao processo de fabricação.

Comente com Facebook

Comentários