fbpx
NotíciasTissue no BrasilVoith

Voith amplia seus serviços de medição e diagnóstico

Através de seus serviços de medições e diagnósticos, a Voith oferece soluções personalizadas para a otimização da produção papeleira

A Voith está lançando três novos pacotes em sua linha de serviços de medições e diagnósticos. O MobiLab é um laboratório móvel de análises voltado à investigação e otimização da qualidade da massa de papel in loco. Já o SpeedUp Certificate analisa o comportamento dinâmico da máquina de papel para avaliar a sua possibilidade de operar a uma velocidade superior à sua velocidade original de projeto. Por fim, o pacote 3D Scan produz imagens digitais e de alta precisão das condições atuais de máquinas de papel existentes.

Como parte do seu portfólio Servolution, os serviços de medição e diagnóstico da Voith foram criados sob medida para atender às necessidades da indústria papeleira. Os fabricantes se beneficiam do expertise mecânico e tecnológico de um fornecedor completo e de sua equipe de especialistas em serviços com mais de dez anos de atuação no setor, em média. Isso significa que os serviços de medição e diagnóstico da Voith não apenas garantem uma operação confiável, mas também aumentam a eficiência econômica de todo o sistema.

“Com nossos serviços de medições e diagnósticos, oferecemos aos fabricantes de papel soluções de ponta e personalizadas,” afirma Stefan Natterer, gerente de serviços de medição e diagnóstico da Voith. “Além disso, estamos continuamente incorporando novas tecnologias e serviços – como os pacotes MobiLab, SpeedUp Certificate e 3D Scan – ao nosso portfólio.”

MobiLab – Laboratório móvel para otimização da preparação de massa 

Quando ocorrem flutuações de processos e de qualidade na produção de papel, os fabricantes de papel enfrentam o desafio de identificar suas causas. Isso geralmente envolve a análise e avaliação de um grande número de amostras de massa. No entanto, como são poucos os fabricantes de papel que dispõem de um laboratório de parte úmida completamente equipado em suas instalações, uma grande quantidade de amostras precisa ser enviada para a realização desses testes em institutos especializados. Isso envolve não apenas um grande esforço logístico: também consome muito tempo e recursos. Além disso, o complexo processo necessário à conservação das amostras implica na alteração ou mesmo inutilização dos resultados obtidos. A solução: o Voith MobiLab, um laboratório de parte úmida completamente equipado e móvel que permite realizar análises da máquina e assim identificar os problemas existentes no processo de preparação de massa – desde a perda de fibras até problemas com a mistura de produtos químicos. Ao longo do processo de identificação das causas, os especialistas da Voith recorrem a todos os procedimentos usuais de análise no campo.

Além das medições laboratoriais realizadas no MobiLab, a Voith também oferece o pacote de análise de processos da parte úmida. A combinação de diversas técnicas de medição (pulsações de pressão, densidade da massa, teor de ar, transmissão de papel online e análise offline com Tapio) permite determinar, entre outros, os perfis de estabilidade de gramatura do papel. Além disso, a utilização de referências de melhores práticas do setor e de bases de dados de amostras de papel conferem grande agilidade e eficiência à identificação do status atual e de possíveis falhas – bem como da tomada de medidas corretivas para a sua correção. Por fim, o MobiLab pode ser utilizado para a realização de testes com novas gramaturas ou tipos de papel nos equipamentos do próprio cliente, o que permite obter os melhores resultados possíveis nesses testes de campo, que costumam ser muito dispendiosos.

SpeedUp Certificate – Analisando opções de aumento de velocidade

Em teoria, a velocidade operacional de uma máquina de papel pode ser aumentada por meio da instalação de componentes novos e tecnologicamente superiores – proporcionando uma maior rentabilidade a todo o processo de fabricação de papel. Mas o que ocorre se a velocidade nominal máxima da máquina de papel é inferior à velocidade potencial dos novos componentes?

Com o Voith SpeedUp Certificate, as empresas podem contratar uma auditoria em toda a sua máquina de papel para determinar se o projeto dos seus componentes comporta uma velocidade operacional superior à sua velocidade nominal original. Exemplos de análises incluem limitações dinâmicas da máquina, como vibrações, velocidades críticas, o projeto dos acionamentos, as condições de componentes existentes e considerações tecnológicas sobre os processos. Essa análise permite identificar os componentes inadequados e apontar as medidas necessárias para o aumento de sua velocidade operacional. Tais medidas podem incluir, por exemplo, a substituição de rolos-guias inadequados ou a inclusão de reforços na estrutura da máquina.

Após a conclusão dessa análise de aumento de velocidade pela Voith, a máquina recebe um “Type Design Speed Certificate” [Certificado de velocidade de projeto de tipo] que estabelece uma nova velocidade nominal máxima para os componentes e grupos da máquina analisados. Isso oferece aos fabricantes de papel uma base confiável para a realização de estudos sobre possíveis aumentos de velocidade operacional em suas máquinas.

3D Scan – Imagem espacial com precisão milimétrica da máquina existente 

Ao longo do tempo, as fábricas de papel mudam devido, por exemplo, a atualizações e à instalação de novos componentes. Muitas vezes, no entanto, tais modificações não são devidamente documentadas em seus desenhos de projeto, o que pode gerar complicações em casos de futuras reformas.

Com o 3D Scan, os especialistas da Voith criam uma imagem espacial digital da máquina e seu ambiente, registrando a configuração atual da máquina com precisão milimétrica. O escaneamento é realizado a uma distância de 10 metros da máquina, e abrange uma distância máxima de 360 metros. Os dados reais coletados são armazenados como nuvens de pontos, que são então processados para serem posteriormente utilizados como modelos para projetos de reforma, verificações de instalações ou medições no computador. Os dados das nuvens de pontos também podem ser combinados com dados de sistemas CAD para gerar um modelo da máquina que inclua todo o seu cabeamento e tubulações. A revisão espacial no sistema CAD 3D com verificação automática de interferência reduz a probabilidade de grandes retrabalhos e adaptações complicadas no campo.

Attila Bemcs, gerente geral da Hamburger Hungaria Ltd., vê isso como um enorme benefício. “Durante a conversão dos desagregadores em nossa fábrica de Dunaújváros, os escaneamentos 3D nos anteciparam informações extremamente precisas sobre as condições espaciais no campo. Isso melhorou muito a nossa visualização da reforma, o que ajudou tanto a equipe de projeto como os operadores da máquina,” afirma Bencs, resumindo a enorme utilidade do 3D Scan da Voith, acrescentando: “Isso nos economizou muito tempo e trabalho na reforma.

LEIA TAMBÉM:

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Baixe nosso e-book!

Conheça OS PRINCIPAIS fabricantes de papel tissue do Brasil e suas capacidades produtivas.

Este levantamento apresenta os principais fabricantes de papel tissue no Brasil em ranking definido por capacidade produtiva instalada.