Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online

Celulose Notícias

Veolia expõe linha completa de tratamento de água para mercado de papel e celulose no ABTCP 2015

Veolia também ministra palestra sobre a tecnologia MBBR

veolia-logo

Líder mundial na prestação de serviços relacionados ao tratamento de água e efluentes líquidos, a Veolia Water Technologies apresenta soluções de tratamento de água industrial para o mercado de papel e celulose no 48º Congresso e Exposição Internacional de Celulose e Papel (ABTCP 2015), que acontece de 6 a 8 de outubro, no Transamérica Expo Center, em São Paulo (SP).

Os visitantes do estande da Veolia poderão conferir os processos de clarificação de água Multiflo™ e Actiflo™, e as tecnologias “MBP” e “MBBR” para tratamento de efluentes.

Tecnologia Actiflo™: mundialmente utilizada nos mercados industriais e municipais, é um sistema compacto que utiliza microareia para a formação de flocos. O processo baseia-se na “sedimentação lastreada”, onde os flocos formados pela combinação sólido/coagulante/polímero são formados ao redor de grãos de microareia. Esta combinação incrementa o peso dos flocos formados e aumenta a velocidade de sedimentação em até 80 vezes em relação aos processos convencionais de tratamento. Por ter a velocidade de sedimentação elevada, é a proposta ideal para uma solução de unidade muito compacta, proporcionando ainda reduzida área de implantação; reduzida construção civil; grande capacidade de absorver variações na água bruta; e start up muito simples, proporcionando rapidamente a qualidade de água desejada. Esta tecnologia está sendo aplicada, por exemplo, na cidade de Ponta Grossa e na CMPC Guaíba e mais recentemente será implantada numa nova fábrica de papel e celulose.

Tecnologia Multiflo™: além da alta taxa de aplicação, utiliza o conceito de formação de lodo mais adensado no fundo do decantador lamelar, otimizando, dessa maneira, as fases posteriores de desaguamento e desidratação de lodo. Esta solução é utilizada, por exemplo, na Fibria de Três Lagoas, em Mato Grosso do Sul; e na Suzano, em Imperatriz, no Maranhão.

Tecnologia AnoxKaldnes™MBBR (Moving Bed Biofilm Reactor): é baseada no princípio de biofilme por meio de “mídias” plásticas especialmente concebidas, as quais são mantidas em suspensão no reator. A solução utiliza as vantagens dos sistemas de lodos ativados e outros processos de biofilme, tais como biofiltros, etc. A “mídia” é projetada para proporcionar uma grande superfície protegida para o biofilme, potencializando as condições para o desenvolvimento da massa biológica. É uma tecnologia comprovada, inclusive no mercado de papel e celulose, a qual otimiza a área ocupada e principalmente reduz os custos de construção civil. Existem várias plantas que utilizam este processo, tais como: Pacifico e Santa Fé, no Chile; Stendal, na Alemanha; CMPC Guaíba, no Brasil.

Tecnologia MBP (“Minimum Biosludge Production”): por meio de lodos ativados, este processo apresenta alta eficiência na redução de carga orgânica, alta qualidade do efluente tratado e reduzido volume do lodo gerado. Processo de alta confiabilidade, baixo custo de operação e simplicidade de operação/ controle.

Palestra sobre MBBR no mercado de papel e celulose – Além da exposição de soluções, a Veolia também participa do Congresso. Luiz Abrahão, gerente de aplicação e otimização ministrará a palestra “Tecnologia MBBR aplicada no tratamento de efluentes da indústria de celulose” no dia 7 de outubro, às 11h20, na Sala 1.

A palestra da Veolia apresentará dois estudos de caso, mostrando diferentes soluções propostas para atender duas plantas de produção de papel da Kraft com a utilização da tecnologia MBBR. “O tema tratamento de efluentes na indústria de papel e celulose é bastante amplo, uma vez que as experiências mostram que fatores como matéria-prima, produtos químicos e processo produtivo fazem com que cada indústria gere efluentes finais com características diferentes”, finaliza Abrahão.

segs.com.br