fbpx
NotíciasPapel Marrom

Vendas de papelão ondulado sofrem queda em abril

A diminuição mostra os efeitos da pandemia de Covid-19, interrompendo o crescimento interanual consecutivo dos meses de abril nos dois anos anteriores

Vendas de papelão ondulado sofrem queda em abril

Em abril, a expedição de papelão ondulado registrou queda de 2,3% ante o mesmo mês em 2019. Ao todo, as vendas somaram 285.500 toneladas em abril de 2020, segundo apuração prévia da ABPO (Associação Brasileira do Papelão Ondulado).

A diminuição mostra os efeitos da pandemia de Covid-19, interrompendo o crescimento interanual consecutivo dos meses de abril nos dois anos anteriores (gráfico abaixo). Contudo, com um dia útil a menos do que abril do ano anterior (24 dias úteis em abril de 2020 ante 25 dias úteis em abril de 2019), a produção por dia útil apresentou um crescimento de 1,7% para 11.896 toneladas diárias.

Vendas de papelão ondulado sofrem queda em abril

Levando em consideração os dados livres de influência sazonal, a expedição de papelão ondulado caiu 4,7% em abril, para 300.180 toneladas, menor nível desde julho de 2019 (299.719 toneladas). A expedição por dia útil nos dados sazonalmente ajustados foi de 12.508 toneladas por dia útil, 3,2% superior a março.

[btnsx id=”46208″] • Disamtex retoma atividades em capacidade total de produção
• Tecnologia, um beco sem saída
• Otimize o seu processo de depuração com a nova tecnologia Kadant

Vendas de papelão ondulado sofrem queda em abril

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Baixe nosso e-book!

Conheça OS PRINCIPAIS fabricantes de papel tissue do Brasil e suas capacidades produtivas.

Este levantamento apresenta os principais fabricantes de papel tissue no Brasil em ranking definido por capacidade produtiva instalada.