Notícias Tissue na América Latina

Valmet impulsiona mercado de lenços de papel premium no Chile

Companhia chilena entrou no mercado de marcas premium de lenços de papel devido à diferenciada tecnologia Valmet Advantage NTT

A tecnologia Valmet Advantage NTT, desenvolvida para a produção de papel tissue (papéis higiênico, lenços, toalha etc.) premium de alta qualidade, mais suave, com o melhor toque foi o principal motivo para a Forestal y Papelera Concepcion entrar no mercado de papel Tissue no Chile. A companhia chilena, que já atuava há mais de 20 anos no segmento de papéis, optou pela tecnologia NTT para oferecer papel premium aos clientes que não tinham acesso ao papel TAD, oferecendo a eles uma vantagem competitiva para desenvolver marcas premium de maneira sustentável.

“A tecnologia Valmet Advantage NTT realmente elevou o padrão no mercado chileno. Os clientes estão exigindo uma qualidade mais alta, por isso, de agora em diante, o papel premium no Chile tem de ser texturizado. Continuaremos a trabalhar com a equipe da Valmet e com outros fornecedores para descobrir como otimizar a tecnologia NTT,” confirmou Eduardo Izquierdo, diretor da Forestal y Papelera Concepcion.

A tecnologia da Valmet oferece um lenço de papel texturizado com características próximas ao papel TAD, mas com um consumo de energia significativamente menor. “Ficamos muito interessados, ou para ser mais sincero, animados com isso. A tecnologia NTT da Valmet era exatamente o que estávamos procurando, nos dando a oportunidade de produzir algo fora do comum e oferecendo uma vantagem competitiva a nós e aos nossos clientes,” ressaltou Izquierdo.

A estratégia da empresa era inicialmente focar somente na produção de rolos jumbo para o mercado de exportação. Mas logo eles decidiram construir uma linha de conversão e desenvolver sua marca própria.

A equipe da Forestal y Papelera Concepcion tem trabalhado bastante para ajustar a máquina e melhorar todos os parâmetros para produzir o papel mais suave, com o melhor toque. “Meu sonho era, algum dia, dentro de alguns anos, produzir um lenço de papel com a suavidade de um lenço de TSA 100. Esse limite é algo como o santo graal para os produtores de lenços de papel. Mas nunca imaginei que poderíamos fazer isso tão cedo, após seis meses. Isso é realmente incrível,” afirma satisfeito Eduardo Izquierdo.

Comente com Facebook

Comentários