fbpx




Banner Incape Portal Tissue Online
Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online

Notícias

Suzano reverte prejuízo no 3º tri e reduz estimativas

size_590_suzano-viveiro2.jpg

A Suzano Papel e Celulose encerrou o terceiro trimestre com lucro líquido, revertendo prejuízo em igual período de 2012, e anunciou nesta segunda-feira uma redução na expectativa de investimentos para 2013, com a postergação de alguns pagamentos referentes ao seu projeto no Maranhão.

A fabricante de papel e celulose teve lucro líquido de 43 milhões de reais no terceiro trimestre, revertendo prejuízo de 24 milhões de reais em igual período do ano passado, informou a empresa nesta segunda-feira.

O resultado representou sensível melhora ante o prejuízo de 248 milhões de reais do segundo trimestre deste ano.

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) totalizou 503 milhões de reais entre julho e setembro, alta de 51,7 por cento ante igual período de 2012. Sobre o segundo trimestre, houve melhora de 23 por cento.

Analistas esperavam um lucro de 103 milhões de reais e Ebitda de 484,17 milhões de reais, segundo a média das estimativas de seis analistas apurada pela Reuters.

Segundo a Suzano, a depreciação do real em relação ao dólar, com impacto na receita de exportações, aumento do preço e do volume de celulose vendida influenciram positivamente no salto do Ebitda, e mais que compensaram o aumento do custo de madeira e de despesas com logística.

A Suzano também informou que revisou sua estimativa de desembolso com investimentos para 2013, passando de 3 bilhões de reais para cerca de 2,5 bilhões de reais, devido ao adiamento para 2014 de pagamentos referentes ao projeto Maranhão “quando a unidade estiver operacional e com geração de caixa”.

A receita líquida da fabricante totalizou 1,52 bilhão de reais entre julho e agosto, alta de 11,7 por cento sobre igual período de 2012.

O nível de endividamento da empresa, um dos maiores do setor passou para 4,8 vezes a relação entre dívida líquida e Ebitda, ante 4,7 vezes no terceiro trimestre de 2012 e segundo trimestre deste ano.

A Suzano registrou também um aumento anual de 3,7 por cento no volume vendido de seus produtos, no terceiro trimestre, impulsionado pela expansão de 7,8 por cento no volume de celulose, enquanto o de papel recuou 1,5 por cento sobre igual período de 2012.

Às 10h22, as ações da Suzano exibiam alta de 1,46 por cento, a 9,04 reais, enquanto o Ibovespa tinha valorização de 0,28 por cento.

 

Fonte: exame.abril.com.br