NotíciasTissue no Brasil

Suzano anuncia projeto de nova fábrica de tissue no Espírito Santo

O empreendimento, a ser instalado na cidade de Aracruz, deve contar com investimentos da ordem de R$ 600 milhões

A Suzano anunciou que pretende construir uma unidade de fabricação e conversão de papel tissue no município de Aracruz, localizado no norte do Espírito Santo. O projeto, que ainda precisa ser aprovado por parte do Conselho de Administração da companhia, prevê capacidade produtiva para 60 mil toneladas anuais de tissue que será convertido em papel higiênico e papel toalha.

A princípio, o empreendimento deve contar com investimentos da ordem de R$ 600 milhões. O prazo para conclusão é de cerca de dois anos e, durante o período das obras, prevê-se a geração de 300 postos de trabalho. Após o início da produção, cerca de 200 colaboradores diretos e indiretos, trabalharão na unidade.

“A intenção de construirmos uma nova fábrica reforça o compromisso da Suzano com o desenvolvimento do Espírito Santo. No final de 2019, anunciamos investimento de quase R$ 1 bilhão no estado, incluindo a construção de uma fábrica em Cachoeiro de Itapemirim. A unidade entrou em operação no início de 2021 e agora, menos de um ano e meio depois, anunciamos o plano de viabilizar mais um importante investimento no estado”, afirma Walter Schalka, presidente da Suzano.

Na também capixaba Cachoeiro de Itapemirim, a Suzano tem uma fábrica – sua quinta linha de produção da unidade de bens de consumo – com capacidade para converter tissue em 30 mil toneladas anuais de papéis higiênicos, o que equivale a 1 milhão de rolos por dia.

O projeto em Aracruz está sujeito à verificação de condições precedentes e ainda será analisado pelas autoridades locais competentes.

“Já estivemos presentes nos investimentos anteriores da Suzano, que contou com uso de crédito de ICMS, e continuando com a nossa política de atração, criamos ambiente para que a empresa tivesse outro investimento em nosso estado. Para nós, a Suzano é uma empresa estratégica para o estado. Temos política de uso de crédito de exportação que permite que a empresa faça negociações no mercado, desde que a atividade que seja ampliada gere emprego e ICMS. O que importa para nós é que os empreendedores tenham confiança em vir e estar no Espírito Santo. Nossa tarefa é gerar oportunidades aos capixabas”, afirma o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande.

A companhia possui plantas de produção de tissue em Belém (PA), Mucuri (BA) e Imperatriz (MA), além de unidades de conversão em Maracanaú (CE) e Cachoeiro de Itapemirim. Somente no Espírito Santo, a Suzano já emprega direta e indiretamente cerca de 5 mil pessoas.

Fonte
Suzano
Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo