fbpx


Banner Incape Portal Tissue Online


Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online

Notícias Papel Marrom Voith

Start-up de máquina de papel embalagem é concluído com sucesso

voith destacada

Nova máquina da Progroup AG, entregue pela Voith, estabelece novos padrões de eficiência e sustentabilidade

A fabricante alemã de papel Progroup AG concluiu, com sucesso, o comissionamento de sua nova MP3, uma das mais modernas máquinas de papel embalagem do mundo, instalada na unidade da empresa na cidade de Sandersdorf-Brehna, no estado de Saxônia-Anhalt. A MP3 foi projetada para produzir 750 mil toneladas anuais de testliner e miolo corrugado. O abrangente conceito de sustentabilidade da máquina minimiza o consumo de recursos da fábrica.

Voith_Progroup-AG_1

A PM 3 em Sandersdorf-Brehna está estabelecendo novos benchmarks para eficiência e sustentabilidade.

Graças à excepcional flexibilidade e estreita colaboração entre todos os participantes, o projeto da MP3 foi concluído dentro do cronograma previsto, apesar das limitações impostas pela pandemia do coronavírus. “O start-up dentro do cronograma é um marco em nossa estratégia de crescimento”, afirma Maximilian Heindl, membro do conselho de administração e diretor de desenvolvimento da Progroup AG. “A contratação de pessoal extra e o trabalho em turnos diurnos e noturnos adicionais nos permitiram acelerar o trabalho, e assim cumprir a data do comissionamento”, completa René Bauer, gerente de projetos da Voith.

Voith_Progroup-AG_2

Da esquerda para a direita: René Bauer, Gerente de Projetos da Voith Paper; Peter Resvanis, Gerente de Projetos da Progroup AG; Maximilian Heindl, Membro do Conselho e Diretor de Desenvolvimento da Progroup AG; e o Dr. Michael Trefz, Presidente de Projetos da Voith Paper.

Fornecedora completa, a Voith entregou a máquina de papel inteira, incluindo uma linha de preparação de massa BlueLine e o novo desagregador de tambor IntensaDrum Duo, com capacidade para processar até 3 mil toneladas de papel recuperado por dia. Com uma largura de tela de 10.000 mm, a máquina de papel XcelLine da Voith foi projetada para operar a uma velocidade de 1.600 m/min. Também incluída no escopo do projeto, a rebobinadeira dupla TwinDrive permite realizar trocas automáticas de bobinas completas e oferece uma capacidade de rebobinamento até 20% superior a outras soluções disponíveis no mercado. Esse sistema também é complementado pela rebobinadeira de alto desempenho VariFlex Performance. O escopo de fornecimento da Voith ainda incluiu os sistemas de ar comprimido e ventilação do galpão. Graças à parceria de muitos anos entre as empresas, a Voith também foi encarregada de fornecer as primeiras vestimentas de todas as seções da máquina.

Outra importante inovação do projeto foi o circuito fechado de água que a Voith desenvolveu em colaboração com a Progroup. Nesse sistema, toda a água usada no processo de fabricação de papel é tratada na própria estação de tratamento de água da empresa por meio de tratamentos biológicos anaeróbicos e aeróbicos. Toda essa água então retorna ao processo de fabricação, garantindo não apenas uma maior conservação de recursos, mas também um processo de produção de papel sem geração de efluentes.

“Graças à estação integrada de tratamento de água, economizamos cerca de 3,75 milhões de litros de água fresca por ano. Isso equivale ao consumo de água de uma cidade de 80 mil pessoas”, explica Maximilian Heindl. “A certificação Eco-Management and Audit Scheme (Emas, ou Sistema Comunitário de Ecogestão e Auditoria) da União Europeia verifica a sustentabilidade das nossas instalações”. Nessa nova fábrica, a Progroup também está investindo cerca de 100 milhões de euros em tecnologias de economia de recursos e proteção ambiental.

Alça de água fechada: Toda a água utilizada na produção é limpa na própria estação de tratamento de água da empresa e depois devolvida ao processo produtivo.

Além da sua operação eficiente e com baixo consumo de recursos, a máquina de papel também é uma solução de ponta em razão dos componentes da nova máquina XcelLine e do projeto de seus equipamentos. Estruturas enxutas e materiais de última geração garantem um efeito harmonioso à máquina como um todo. O aprimoramento de elementos funcionais, como o projeto inovador dos passadiços da MP3, também facilitou o acesso dos operadores à máquina. Além disso, a base da caixa de entrada, a rebobinadeira VariFlex Performance e o sistema de rebobinagem Sirius foram incluídos no novo projeto integrado da máquina de papel. Essas mudanças não apenas simplificam o trabalho de manutenção, mas também aumentam a segurança do trabalho.

Isso também pode ser interessante 👇🏻
• Voith instala equipamentos em fábrica no Paraguai
• As novas tecnologias colocam colaboradores e empresas como aliados ou adversários?
• Voith discute, em webinar, os ganhos do setor papeleiro no “novo normal”