NotíciasPapel MarromSR Automação Industrial

SR Automação moderniza máquina de papel como modelo para eficiência energética

A Piquiri Papéis aumentou em 245% a potência dos motores instalados e ganhou 60% de velocidade aplicada na máquina, com apenas 37% de aumento de consumo energético

A Piquiri Papéis, indústria de papel proveniente apenas de matéria-prima reciclada, localizada em Campina do Simão, no interior do Paraná, aumentou a capacidade produtiva da sua máquina de papel em 60%. Esse resultado é fruto de dois anos de trabalho da SR Automação na implementação de acionamento, automação e consultoria de projetos.

Contando com a expertise da SR na área de papel e celulose, a Piquiri contratou um pacote escalonável, desenvolvido e implementado em etapas, que hoje conta com acionamento via inversores ACS880, único no mercado com a tecnologia DTC (controle direto de torque), essencial para o controle preciso da máquina de papel; automação via PLC AC500; e proteção, distribuição e monitoramento por meio dos componentes da divisão de eletrificação da ABB. Vale ressaltar que a SR é a única empresa do segmento a oferecer solução 100% ABB aos seus clientes (Drives, PLC e EL).

Além do benefício em aumento da produtividade, que gerou ganho de 60% – podendo chegar a 100% –, e de possibilitar a produção de papel com gramatura mais baixa e manter aumento de faturamento, a Piquiri notou uma redução significativa em seu custo de energia, em que a relação faturamento x custo de energia teve uma redução de quase 8%, porém, com aumento de produção em torno de 47%. Em KW, a base instalada de motores teve aumento de potência de 245%, mas o consumo energético resultante aumentou apenas 37%, visto que tanto os motores adicionados quanto os já preexistentes são acionados via inversores ABB.

Hoje, a Piquiri conta com 18 inversores ACS880 no acionamento da máquina, garantindo aumento de 100% na disponibilidade de velocidade, visto que, em 2019, a velocidade era de 125 m/min, e atualmente está ajustada e liberada para 250 m/min. A próxima fase, já contratada, adicionará 16 inversores ao acionamento, em formato de silent drives, que garantirão aumento de 280% resultante na disponibilidade de velocidade da máquina, colocando-a ajustada para 350 m/min.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo