fbpx
CeluloseNotíciasValmet

Simuladores da Valmet garantem eficiência e minimizam riscos

Em operações iniciais de papel e celulose, o treinamento em simulador permite que os operadores acelerem o aprendizado, ajudando a evitar paradas de produção não planejadas e prejuízos financeiros

Simuladores em treinamentos são usados no setor da aviação, com pilotos, há décadas. Hoje, ferramentas semelhantes de realidade virtual estão sendo utilizadas com mais frequência na indústria de papel e celulose, a fim de aprimorar o treinamento dos operadores, por exemplo, o que auxilia a minimizar o risco de paradas não planejadas, especialmente no início do projeto.

Toda inicialização de uma linha de papel e celulose, nova ou reconstruída, pode ser complicada devido à complexidade dos processos de engenharia envolvidos. Caso haja alguma falha e os operadores tiverem dificuldade na produção do produto, os custos envolvidos podem gerar grande prejuízo. Estima-se que, para grandes produtores, uma paralisação de manutenção fora do previsto possa gerar um custo diário de 500 mil a 1 milhão de euros.

Simuladores da Valmet garantem eficiência e minimizam riscos

PROJETO LD CELULOSE USARÁ SIMULADORES EM 14 ÁREAS

A Valmet, líder em fornecimento de serviços e tecnologias para a indústria de papel, celulose e energia, entregará simuladores dinâmicos para a nova fábrica de celulose dissolvida, que está sendo construída pela LD Celulose S.A, uma joint venture formada pelas empresas Lenzing e Duratex no Brasil.

Os simuladores dinâmicos serão implantados em 14 áreas de processo da fábrica para verificação do Sistema Digital de Controle Distribuído (SDCD) e treinamento de operadores. O sistema SDCD Valmet DNA e o Valmet Training Simulator serão implementados como uma solução unificada.

A nova fábrica de celulose solúvel, com capacidade de produzir 500 mil toneladas por ano, será instalada nas cidades de Indianópolis e Araguari, no estado de Minas Gerais. A iniciação está prevista para o primeiro semestre de 2022. A celulose solúvel é uma matéria-prima essencial para a fabricação de têxteis à base de madeira e fibras especiais.

Estima-se que a LD Celulose S.A. empregará em torno de 1.100 pessoas na fábrica e nas plantações que a abastecerá. Cerca de 90 a 120 dias antecedentes à partida da planta, os simuladores desenvolvidos pela Valmet permitirão que novos operadores aprimorem suas habilidades, usando situações virtuais que representam a realidade das salas de controle das fábricas de papel e celulose.

EXCELENTES RESULTADOS EM MAIS DE 15 ANOS

“Nos últimos 15 anos, os simuladores da Valmet foram utilizados em diversos projetos de papel e celulose na América do Sul com excelentes resultados”, explica o gerente de vendas em tecnologia de processamento de fibras, celulose e energia da Valmet na América do Sul, Igor Panassol.

“Operadores bem treinados, que desenvolvem suas habilidades antes da iniciação dos processos da fábrica, contribuem com partidas mais rápidas. O treinamento antes e depois do início das operações resulta no desenvolvimento de competências duradouras. Essas ações oferecem retornos imediatos e de longo prazo, que otimizam o investimento e minimizam os riscos durante a operação. Além disso, os exercícios de simulações podem ser refeitos a qualquer momento e alinhar o nível de conhecimento operacional às necessidades específicas. Com as simulações também é possível resultar em uma alta curva de aprendizado, na padronização do controle fabril e em operações mais seguras”, completa.

[btnsx id=”46208″] • Valmet promove webinar sobre analisadores de consistência
• Webinar aborda sistemas para remoção de areia em fábricas de celulose
• Valmet bate recorde em número de dias sem acidentes de trabalho

Simuladores da Valmet garantem eficiência e minimizam riscos

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Baixe nosso e-book!

Conheça OS PRINCIPAIS fabricantes de papel tissue do Brasil e suas capacidades produtivas.

Este levantamento apresenta os principais fabricantes de papel tissue no Brasil em ranking definido por capacidade produtiva instalada.