fbpx
NotíciasTissue no Brasil

Segundo a Pöyry, vendas de papel tissue devem atingir crescimento 3.5% em 2018

A projeção é que as vendas no país cresçam 2% neste ano e 3,5% em 2018

O crescimento do mercado de papel tissue a partir do ano que vem exigirá uma maior capacidade produtiva no Brasil, segundo a Pöyry. A projeção é que as vendas no país cresçam 2% neste ano e 3,5% em 2018, diz Manoel Neves, da consultoria.

“É uma alta atrelada ao aumento da renda e da população urbana. Se o [PIB do] Brasil crescer 2%, o mercado de tissue tende a ficar 1,5 ponto percentual acima disso.”

Caso a previsão se confirme, será necessária, a cada 18 meses, pelo menos uma nova máquina capaz de produzir 60 mil toneladas por ano, diz.

A Eldorado Brasil estima que, por causa do crescimento do mercado doméstico de tissue, precisará abrir mão de clientes no exterior, diz Rodrigo Libaber, diretor da fabricante de celulose.

A empresa —controlada pelo grupo J&F, cujo presidente, Joesley Batista, está envolvido na Operação Lava Jato—, adiou a expansão de sua fábrica para 2020.

“Até lá, vamos crescer nos mercados mais estratégicos, como Brasil e China, em detrimento de outros. Temos uma linha com capacidade contratada de 1,5 milhão de toneladas por ano e, hoje, estamos perto de 1,7 milhão.”

folha.uol.com.br

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Baixe nosso e-book!

Conheça OS PRINCIPAIS fabricantes de papel tissue do Brasil e suas capacidades produtivas.

Este levantamento apresenta os principais fabricantes de papel tissue no Brasil em ranking definido por capacidade produtiva instalada.