fbpx


Banner Incape Portal Tissue Online
Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online


Celulose Notícias

Secretário de Desenvolvimento Econômico abre 4ª Semana de Papel e Celulose da ABTCP

Na ocasião, o secretário realizou uma apresentação sobre o desenvolvimento de Três Lagoas nos últimos anos

DSC_8467-800x445

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, André Milton, representou a prefeita de Três Lagoas – MS, Marcia Moura, na abertura da 4ª Semana de Celulose e Papel – Inovação e Competitividade, realizada no auditório das Faculdades Integradas de Três Lagoas – AEMS, na noite da última terça-feira (23), pela Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP) com patrocínio e apoio de diversas empresas, inclusive da Prefeitura Municipal de Três Lagoas.

Na ocasião, o secretário realizou uma apresentação sobre o desenvolvimento de Três Lagoas entre 2005 até os tempos atuais. Falou também de como a indústria foi fator determinante no crescimento social e econômico da Cidade, que hoje é a primeira do Estado em volume de exportação, atingindo a marca de US$ 1.153.610.449,00.

Além disso, expôs uma cronologia industrial das empresas que alavancaram a economia local. “Três Lagoas reúne um conjunto de fatores que funcionam como atrativos para instalação das atividades ligadas ao setor de celulose e papel, a localização estratégica, recursos naturais abundantes associados a uma política de incentivos séria, fortalecem o setor e possibilita o desenvolvimento econômico, não só do município, mas para toda região Leste de Mato Grosso do Sul.”, comentou.

Ainda em sua fala, o secretário demonstrou que entre 2000 e 2014 Três Lagoas recebeu R$ 24 bilhões em investimentos e que agora, entre 2014 e 2018, o Município receberá novos R$ 16 bilhões.

O diretor de Indústria e Comércio da Secretaria, Cristóvão Henrique, falou sobre a geoeconomia da celulose: inovação, competitividade e desenvolvimento regional onde expôs como a crise e a recuperação dos Estados Unidos da América e o surgimento da China como potência industrial mundial, influenciaram na demanda por produtos como a celulose.

“A celulose vai muito além do que apenas fazer papel. O Japão, por exemplo, se destacou ao criar uma manta isolante ecológica para veículos baseada na celulose, ou seja, algo que antes agredia o meio ambiente devido a sua composição agora é limpa e mostra o grande potencial desse material. Além disso, diversos estudos aplicam matérias primas provenientes da celulose na confecção de tecidos mais resistentes e outros que podem revolucionar o mundo em pouco tempo”, explicou.

Além desses, Renato Bastos Ottoni, no ato representando a Fibria, falou sobre Inovação e Competitividade, assim como Leonardo Pimenta, da Eldorado Brasil. Já Amaury Malia, da International Paper (IP), explanou sobre a IP e as oportunidades para a excelência de manufatura.

AGENDA

A 4ª Semana de Papel e Celulose – Inovação e Competitividade continua nesta quarta-feira (24) e segue até quinta-feira (25), com ampla programação voltada para gerentes, supervisores, coordenadores, colaboradores das fábricas de papel e celulose e estudantes no intuito de promover reflexões, discussões e debates sobre assuntos de importância para o setor de celulose e papel.

jornaldiadia.com.br