Notícias Tissue no Brasil

Quando um furo na folha se torna crítico no processo de fabricação de tissue?

 Que tamanho de furo ainda é aceitável? Quantos furos por comprimento de tela são permitidos? A resposta a essas perguntas está relacionada ao produto de tissue que está sendo produzido.

Por exemplo, um fabricante de fraldas pode não aceitar um único furo. Um fabricante de papel higiênico, por outro lado, pode aceitar que alguns furos tenham a possibilidade de rebaixar o papel para uma camada intermediária. No entanto, é sempre uma questão do número e tamanho dos furos.

O objetivo é reduzir o número de furos ou pelo menos reduzir o tamanho deles. Furos menores que 2 mm são normalmente aceitos (Figura 1). O papel com furos maiores que 10 mm (Figura 4) serão descartados ou chamados de quebras internas, que podem ser recicladas. A única maneira de reduzir o tamanho do furo é reduzir o tamanho do depósito que cria o furo. Se o depósito não puder ser primeiramente removido, tente pelo menos reduzir o tamanho do depósito.

O que são stickies e pitches?

Stickies é outro nome para um depósito na tela que pertence ao grupo de partículas de cola. As partículas de cola são diferenciadas em stickies, pitches e pitches brancos. Stickies vêm de hotmelts e cera. Os pitches brancos vêm de cola de dispersão e ligantes artificiais (vindos do coating). Os pitches provêm da aglomeração da resina a partir da polpa mecânica. Os papéis são revestidos ou calandrados para obter uma certa propriedade do produto final. Se a fábrica de tissue usar papel reciclado em sua composição, esses componentes serão parte da matéria-prima.

As fábricas de tissue de fibra virgem que reciclam suas próprias quebras também podem ter problemas com depósitos. Neste caso, o depósito vem de fita ou cola entre as camadas. A preparação de massa de uma fábrica de fibra virgem para reduzir partículas de cola geralmente não é muito boa. A possibilidade de reduzir a quantidade de depósitos é limitada e sempre haverá algumas partículas de cola remanescentes na massa. Portanto, essas fábricas reduzem a quantidade de quebras de folha que usam para a produção e descartam o resto.

Fábricas de papeis reciclados têm boa preparação de massa, mas possuem mais partículas de cola em sua matéria-prima. Essas fábricas conhecem muitas maneiras para reduzir, mascarar ou dispersar partículas de cola, de modo que sejam menos prejudiciais. Mas a energia de bombeamento e outros químicos geralmente destroem essa mascara, ou as pequenas partículas começam a se aglomerar com o tempo. Ainda existem algumas partículas de cola que atingem a seção de tela (Figura 2). Uma maneira de minimizar as partículas de cola é usando uma depuração melhor. No entanto, isso pode afetar as perdas de fibras. Muitas fábricas preferem lidar com as consequências no processo e na tela, em vez de perder fibras.

Como as partículas de colagem criam furos no papel tissue?

As telas formadoras transportam um grande número de fibras que não podem ser removidas com um chuveiro de largura total. A massa passa pela caixa de entrada carregando partículas de cola. A tendência da partícula de cola em uma fibra, que é embutida na tela, é muito mais alta comparada a uma partícula de cola na tela formadora. Então, o primeiro pequeno depósito gruda na fibra e é embutido na tela. Em seguida, as fibras começam a grudar no depósito, novamente com algumas partículas de cola. Este ciclo se repete. Se não for removido, o depósito continua crescendo.

Este processo, fibras -> cola -> partícula -> fibras, começa muito pequeno. Você pode imaginar que stickies maiores que 10 mm nunca passarão por depuradores ou cleaners. No início deste processo, os depósitos estão na superfície e são relativamente fáceis de limpar. Com o tempo, o depósito é pressionado na tela. Então muito mais energia é necessária para limpar a tela. Por esta razão, as telas formadoras devem ser limpas continuamente para afastar pequenos stickies e evitar o depósito na estrutura da tela.

Os depósitos podem estar localizados na tela, feltro e até mesmo no papel tissue (Figura 5). Mas o maior problema, os furos, são causados por depósitos na tela externa. A massa é entregue na caixa entre duas telas formadoras (a tela externa, também chamado de tela superior, e o tela interna, também chamada de tela de fundo, que envolve o rolo cabeceira). A drenagem da massa vai em uma direção, através da tela externa. O desaguamento da celulose ocorre em uma direção, através da tela externa. Se os canais de desaguamento estiverem bloqueados devido a um stickie, um furo se formará na folha. O depósito rouba as fibras e as mantém na superfície ou as fibras são lavadas. Ou, há uma quantidade reduzida de fibras onde o depósito foi localizado.

Sistema de limpeza de tela tissue M-clean ™

Visão geral

Aplicações

Utilizando o conhecimento adquirido através diversos testes de máquinas e mais de uma década de instalações em campo, o sistema de limpeza de tela M-clean remove de forma eficaz stickies e outros contaminantes da superfície e dos interstícios da tela. O cabeçote móvel do chuveiro é projetado de forma personalizada para a aplicação, proporcionando uma limpeza excepcional.

Características

– Estrutura autoportante e componentes do chuveiro em aço inoxidável

– Limpeza continua em uma passagem

– Opção de vácuo ativo

– fácil manutenção

Benefícios

– Redução de furos na folha

– Redução de quebras de folha

– Redução de produtos químicos de passivação e limpeza

– Consumo de água reduzido em até 95%

O sistema de limpeza de tela M-clean foi construído com base em todo conhecimento de limpeza de tela desenvolvido pela Kadant em nossas instalações de P & D e otimizado em aplicações de papel de embalagens e papel reciclado com centenas de instalações na Europa, Ásia e América do Norte. O sistema de limpeza incorpora pressões de água, tamanhos e configurações de bocal especificas para garantir uma limpeza de tela eficaz, porém suave. Como resultado, os usuários reduziram os furos e quebras de folhas e o tempo de inatividade atribuído a problemas de limpeza de tela.

O sistema de limpeza de tela M-clean pode ser operado de forma contínua ou intermitente, dependendo da aplicação. O sistema pode ser programado para fornecer limpeza adicional em pontos específicos da tela. A confiabilidade do sistema de limpeza de tela M-clean é reconhecida como uma das mais altas na indústria e o design elegante permite trocas de tela e facilidade de manutenção. Um sistema de vácuo é incorporado ao sistema para garantir que o acúmulo de detritos no circuito de água seja minimizado e a névoa dos bicos de limpeza seja eliminada.

Benefícios adicionais

– Reduzida queda de qualidade devido a furos

– Passivação e agentes de limpeza reduzidos

– Redução da energia da bomba de alta pressão e largura total do chuveiro

– Aumento do uso de papel de quebra

– Retorno sobre investimento em menos de um ano

Comente com Facebook

Comentários