Celulose Notícias

Programa de Visitas da Eldorado recebeu mais de 600 pessoas

Instituições educacionais são campeãs em solicitações no Programa de Visitas que recebe também a comunidade para conhecer o processo produtivo da celulose.

SLIDE_eldorado

Com o intuito de aproximar e compartilhar o conhecimento, a Eldorado Brasil Celulose (www.eldoradobrasil.com.br) realiza visitas monitoradas à sua fábrica em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul. Entre janeiro de 2013 e julho de 2014, a Eldorado já recebeu mais de 600 visitantes de todo o país por meio do seu Programa de Visitas. “Desde que anunciamos a construção da fábrica na cidade, percebemos a curiosidade da população em entender um pouco mais sobre a empresa e a respeito do processo de produção da celulose. Formamos alguns grupos na época da construção e mantivemos o Programa após a inauguração da fábrica”, explica a gerente de Comunicação da Eldorado Brasil, Camila Anker.

Sempre em grupos de 10 a 30 pessoas, de 2011 até agora, mais de 50 instituições de ensino estiveram nas dependências da Eldorado conhecendo mais sobre a rotina de uma fábrica de grande porte, os aportes ambientais e de engenharia além de curiosidades envolvendo o processo produtivo, que vai desde a seleção da muda de eucalipto que será plantada até a separação da celulose em fardos para distribuição nacional e exportação.

De acordo com a professora Liliane Santos de Camargos, que dá aula de Fisiologia Vegetal na Universidade Estadual Paulista (UNESP), em Ilha Solteira, a visita amplia o conhecimento dos alunos. “O enfoque da visita à fábrica foi entender a aplicação dos conceitos de Fisiologia Vegetal, na prática. A ideia geral era permitir ao aluno enxergar o processo completo, desde o plantio da árvore até o produto final, que no caso é a celulose”, explica Liliane. “A acessibilidade e o
fácil contato com a Eldorado, facilitou agendamento da visita e o trabalho com a universidade. Além do conhecimento prático, os estudantes tiveram um vislumbre de suas carreiras e já saíram de lá interessados em se inscrever no programa de estágio para trabalhar na empresa”, completa.

Além da UNESP, também visitaram a Eldorado estudantes de colégios particulares e públicos, principalmente do ensino médio, e de universidades como a Universidade Federal de São Carlos – SP (UFScar) e a Universidade Federal do Paraná (UFPR), além de ETECs, FATECs, SESIs e SENAIs. “Um dos locais de maior atenção do tour na fábrica é o laboratório. Nele são coletadas amostras das árvores de todas as florestas da empresa e, a partir da análise científica, conclui-se o volume de celulose que será produzido naquele dia. Outro ponto que chama a atenção dos visitantes é a área de logística multimodal. Nesta etapa da visita, é possível entender a importância da inovação do transporte terrestre, ferroviário e hidroviário”, conta Camila.

Atualmente, além de estudantes, grupos da comunidade também podem conhecer a fábrica. Para agendar uma visita monitorada e conhecer mais sobre o processo industrial de celulose basta realizar o agendamento pelo e-mail comunicacao@eldoradobrasil.com.br ou ainda pelo telefone (67) 3509-0309.

selo_ok

Jornal dia dia