NotíciasTissue no Mundo

P&G registra lucro de US$ 3,35 bilhões no terceiro trimestre fiscal de 2022

A receita somou R$ 19,38 bilhões, alta de 7% na mesma base de comparação

A multinacional americana de bens de consumo Procter & Gamble reportou lucro líquido de US$ 3,35 bilhões no terceiro trimestre fiscal de 2022, finalizado em 31 de março, ou US$ 1,33 por ação – alta de 3% em relação ao mesmo período do ano anterior. A receita somou R$ 19,38 bilhões, um crescimento de 7% na mesma base de comparação.

Segundo a FactSet, os números superaram as projeções dos analistas, que esperavam lucro por ação de US$ 1,29 e receita de US$ 18,71 bilhões. As vendas orgânicas da P&G, que excluem os impactos de câmbio e aquisições e desinvestimentos, avançaram 10% – a maior alta desde que a empresa começou a registar este indicador, há 20 anos.

As vendas aumentaram em todas as categorias. O setor de saúde feminina, de bebês e família, por exemplo, teve receita de US$ 4,93 bilhões – alta de 7%.

Para o ano fiscal de 2022, a empresa elevou sua perspectiva do crescimento total das vendas de 3% a 4% para uma faixa de 4% a 5% em relação ao ano fiscal anterior. Além disso, elevou sua projeção para o crescimento orgânico das vendas de uma faixa de 4% a 5% para 6% a 7%.

A empresa confirmou, ainda, sua perspectiva para o crescimento do lucro líquido diluído por ação na faixa de 6% a 9% em relação ao lucro de US$ 5,50 por ação no ano fiscal de 2021. Por conta do aumento dos custos e dos desafios cambiais, a gigante de bens de consumo espera ficar no limite inferior da faixa de crescimento.

“Entregamos mais um trimestre com forte crescimento de vendas e progredimos no crescimento em base trimestral dos lucros, apesar dos obstáculos significativos e crescentes dos custos”, disse Jon Moeller, Presidente e CEO da P&G.

Fonte
Valor Econômico
Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo