Notícias Tissue no Mundo

Mercado europeu de tissue vale cerca de 1 bilhão de euros

Produção europeia de tissue é dominada por empresas italianas, mas a líder é uma alemã.

tissue europeu

A Portucel quer chegar, a médio prazo, a líder do mercado europeu de papel ‘tissue’, uma posição hoje ocupada pela alemã Wepa, com um faturamento superior a 850 milhões de euros por ano. A estratégia da companhia portuguesa, baseia-se na posição conseguida no mercado de papel não revestido – é a principal produtora europeia, e a sexta maior a nível mundial -, e no fato de faturar já hoje quase tanto como os três maiores produtores europeus de ‘tissue’: 1.530 milhões de euros em 2013.

O mercado europeu de papel ‘tissue’, que inclui a produção de lenços de papel, papel de cozinha, papel higiênico, bem como papel para consumo industrial, como as toalhas de mão, movimenta anualmente um volume de negócios na casa dos 10 mil milhões de euros por ano. O European Tissue Symposium (ETS), organização europeia que agrega os produtores europeus, nomeadamente a portuguesa Renova, estima que o mercado continue a crescer a uma taxa de 3% ao ano. Superior será ainda o crescimento dos mercados emergentes que podem avançar mais de 7% ao ano.

Os dados da consultora Capital IQ mostram que o mercado europeu é dominado pela Wepa, seguida pelas italianas Sofidel, Lucart e ICT e a finlandesa Metsa Tissue, estas últimas com vendas de papel ‘tissue’ inferiores a 500 milhões de euros.

A portuguesa Renova surge no ranking na sexta posição com um faturamento de 100 milhões de euros por ano, valor atualizado para 130 milhões por fonte oficial da empresa. Com duas fábricas em Portugal, na região de Torres Novas, a empresa dispõe de uma capacidade instalada que chega as 100 mil toneladas por ano. Presente nos cinco continentes, os produtos da Renova, são conhecidos pela aposta na inovação, são comercializados em 60 países.

conomico.sapo.pt