fbpx
NotíciasTissue no Brasil

MEDIDA CERTA: Tamanho do papel higiênico é alvo de fiscalizações do IPEM-SP

Será que a largura e comprimento do papel higiênico indicado na embalagem estão realmente corretos? Essa dúvida será respondida durante a operação ‘De olho no Rolo’ realizada pelo Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo) nesta quarta, 13. As empresas que tiverem produtos irregulares podem levar multa de R$ 640 até R$ 30 mil, dobrando de valor em caso de reincidência.

Durante a inspeção, serão verificadas as medidas de diversas marcas de papel higiênico das linhas doméstica e institucional. A proposta é identificar se o consumidor está pagando pela quantidade de produto especificada nas embalagens pelo fabricante. Além disso, o Ipem-SP vai avaliar se o produto encontra-se de acordo com a padronização obrigatória.

Reprodução.

Os produtos estão em processo de coleta pelos fiscais em diferentes pontos de venda no Estado de São Paulo. Os exames serão realizados simultaneamente nos laboratórios do Instituto nos municípios de Bauru, Ribeirão Preto, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e São Paulo. As empresas autuadas tem prazo de dez dias para apresentação de defesa junto ao Ipem.

Histórico negativo

No ano passado, a mesma operação apontou que 17 das 43 marcas de papel higiênico analisadas apresentaram irregularidades, ou seja, 39,53% dos produtos estavam com metragem menor do que a indicada. Os dados dos papeis analisados na capital paulista foram ainda mais preocupantes: dos sete verificados, quatro estavam com tamanho menor que o indicado.

planetaosasco.com

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Baixe nosso e-book!

Conheça OS PRINCIPAIS fabricantes de papel tissue do Brasil e suas capacidades produtivas.

Este levantamento apresenta os principais fabricantes de papel tissue no Brasil em ranking definido por capacidade produtiva instalada.