fbpx
LealNotíciasTissue no Brasil

Leal patenteia sistema de embalagem de guardanapos

A empresa revolucionou a forma de produção e embalagens de guardanapos sachet

A Leal Embalagens de Papel atua fortemente no desenvolvimento, industrialização e comercialização de produtos descartáveis de papel voltados para alimentação e higiene, como: guardanapos, guardanapos embalados, sacos para delivery, wrap, papéis toalha, cupons fiscais, lâminas de bandejas e higiênicos.

As atividades da empresa tiveram início há quase 30 anos como distribuidora de embalagens. A companhia, que tinha sede em Curitiba, no Paraná, comercializava sacos e copos plásticos, embalagens de papelão, canudos, pratos, papel higiênico, entre outros itens destinados ao setor de alimentação.

Em 1996, iniciou as primeiras atividades industriais em Pinhais, com a aquisição de quatro máquinas, passou a produzir e comercializar guardanapos e, um ano mais tarde, após ter estruturado a unidade, foram os primeiros passos na conquista do mercado de guardanapos para a maior rede de fast food atuante no Brasil. Para atingir essa meta, foi necessário expandir os negócios inaugurando uma nova unidade em Piraquara, no Paraná, um ano depois.

A fim de atender a crescente demanda de novos clientes, com exigências de qualidade e segurança alimentar, houve novamente a necessidade de adquirir novos equipamentos e mais uma ampliação na estrutura física.

Por isso, em 2002, a Leal inovou o sistema de embalagem de guardanapos, quando desenvolveu uma solução capaz de reduzir o consumo e desperdício numa apresentação mais higiênica. Os guardanapos começaram a ser embalados “de dois em dois”, em um sistema que passou a ser amplamente utilizado em lanchonetes e restaurantes.

Após nove anos de operação manual, o equipamento foi idealizado durante pesquisas de processos de fabricação, que levaram ao desenvolvimento de um dispositivo industrial capaz de fabricar guardanapos embalados em um único processo, que durante sua produção seguem contínua e automaticamente da etapa de dobra e corte, até a etapa de embalagem.

Assim, a Leal patenteou o equipamento sob o nome de “Dispositivo automático para fabricar guardanapos, guardanapo e processo de fabricação”. O pedido foi publicado em 2013, e a patente concedida em 2019. Detentora dessa tecnologia, a empresa revolucionou a forma de produção e embalagens de guardanapos sachet, sendo a mentora e detentora da propriedade intelectual dessa solução.

Em diversos municípios, a utilização de guardanapos, canudos de plástico e palitos de dente embalados de forma individualizada e hermética já se tornou obrigatória. De acordo com Hildebrando Reinert (Tuca), diretor da Leal Embalagens de Papel, o método não só garante redução de consumo e desperdício, como é “Covid Free”. “Guardanapos e utensílios de higiene bucal estão mais sujeitos à contaminação por microrganismos, inclusive patogênicos, diante da manipulação inadequada e ao ficarem expostos”, afirma. Dessa forma, a solução é grande aliada não só em estabelecimentos comerciais, como foi amplamente adotada pelos serviços de delivery.

Para saber mais sobre a empresa, acesse: http://lealembalagens.com.br/.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Baixe nosso e-book!

Conheça OS PRINCIPAIS fabricantes de papel tissue do Brasil e suas capacidades produtivas.

Este levantamento apresenta os principais fabricantes de papel tissue no Brasil em ranking definido por capacidade produtiva instalada.