NotíciasPapel Marrom

Klabin investe mais de R$ 9 bilhões no Projeto Puma II

Apenas no segundo trimestre deste ano, a Klabin aplicou R$ 908 milhões na obra

Mesmo diante da pandemia do coronavírus, a Klabin segue dando continuidade às obras do Projeto Puma II, no município de Ortigueira, na região dos Campos Gerais. Apenas no segundo trimestre deste ano, a empresa investiu R$ 908 milhões no projeto, o maior valor gasto durante três meses desde o início da preparação da obra, no segundo trimestre do ano passado.

Até o dia 26 de julho, a fase 1 do projeto estava com 45% do cronograma das obras já executado, cujo investimento já acumula R$ 2,7 bilhões, dos quais R$ 1,43 bilhão foi gasto em 2020. Ao todo, a Klabin aplica na iniciava o montante de R$ 9,1 bilhões.

O segundo semestre, de acordo com a empresa, foi pautado pela remobilização gradual dos trabalhadores realizada no local. Ainda em março, em decorrência da pandemia, houve uma pausa para evitar a disseminação da Covid-19 quando ela chegou ao Paraná. Para a remobilização, a Klabin ressalta que foram intensificadas todas as medidas de prevenção, e as ações foram alinhadas às orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS). O objetivo foi assegurar a segurança e saúde dos colaboradores e demais envolvidos.

O progresso de 45% no cronograma está relacionado à edificação da Máquina de Papel 27, que é a primeira para embalagens do projeto Puma II, realizado em paralelo com a linha de celulose da Unidade Puma I. A MP 27 faz parte da fase 1 do investimento, e irá produzir celulose não branqueada integrada a uma máquina de papel kraftliner natural e branco, para fabricar embalagens de baixa e média gramatura (80 a 200 g/m²), a serem comercializadas sob a marca Eukaliner, com capacidade de produção de 450 mil toneladas anuais.

Para a primeira fase, cujo cronograma inicial de execução era de dois anos e término previsto para junho de 2021, o aporte será de cerca de R$ 6 bilhões, ou seja, dois terços de todo o valor investido. A previsão de início de operação continua em meados de 2021, informou a Klabin.

Por outro lado, a segunda fase do projeto, que deve ter início em julho de 2021, inclui a construção de uma linha de fibras complementar integrada a uma máquina de papel kraftliner para produzir papéis de média e alta gramatura (150 a 300 g/m²), utilizando fibras mistas, com capacidade de 470 mil toneladas anuais. As obras devem ser executadas em cerca de 24 meses.

Banner Animado ATI Brasil no Portal Tissue

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo