fbpx




Banner Incape Portal Tissue Online
Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online

Celulose Notícias

Klabin inicia exportação da celulose do projeto Puma

klabin-ok

A nova fábrica da Klabin em Ortigueira, na região dos Campos Gerais, já está exportando a celulose produzida na unidade. A produção foi iniciada oficialmente no dia 4 de março, já com a certificação Forest Stewardship Council – FSC (C129105) na modalidade cadeia de custódia. O investimento consolidado no projeto foi da ordem de R$ 8,5 bilhões, incluindo infraestrutura, impostos e correções contratuais.

A primeira carga com celulose foi carregada no final do mês de abril no Porto de Paranaguá. No total, 26 mil toneladas foram abrigadas no navio Tanchou Arrow, que partiu em direção à China. Para maio e junho já estão programados mais quatro navios, totalizando 70 mil toneladas. Depois, a previsão é que sejam movimentadas 75 mil toneladas por mês. As operações da empresa por Paranaguá devem movimentar 900 mil toneladas ao ano.

“A Klabin fez um dos maiores investimentos privados da história do Paraná, com a sua unidade em Ortigueira, e agora este ciclo virtuoso começa a se espalhar pelo restante do Estado, gerando emprego e renda para os trabalhadores de Paranaguá também”, afirma o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.

Após o início das operações, o funcionamento da fábrica ocorre dentro da curva de aprendizado estabelecida pela Klabin, com a previsão de que, ao final de abril, a unidade estivesse operando em uma produção diária com o equivalente a 80% da capacidade nominal. Unidade Puma tem capacidade de produção de 1,5 milhão de toneladas de celulose, dos quais 1,1 milhão de toneladas de celulose branqueada de fibra curta (eucalipto) e 400 mil toneladas de celulose branqueada de fibra longa (pinus), parte convertida em celulose fluff, sendo a única unidade industrial do mundo projetada para a fabricação das três fibras.

Investimentos

A Klabin investiu R$ 853 milhões no primeiro trimestre deste ano, com destaque para os investimentos na nova planta de celulose: R$ 734 milhões foram destinados para o Projeto Puma. As obras da unidade foram executadas em 24 meses, dentro do orçamento previsto. O início da produção também ocorreu dentro do cronograma inicial.

arede.info