Notícias Papel Marrom

Klabin contrata empréstimo de US$ 800 mi para projeto Puma II

A operação foi fechada com um sindicato de bancos liderado pelo BID Invest

A Klabin, maior fabricante brasileira de papéis para embalagem e de embalagens de papelão ondulado, contratou empréstimo de US$ 800 milhões para financiar parte de seu novo ciclo de crescimento. A operação foi fechada com um sindicato de bancos liderado pelo BID Invest, banco multilateral do Grupo Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Ao câmbio de hoje, o empréstimo de R$ 3,2 bilhões corresponde a cerca de um terço do investimento bruto previsto para o projeto Puma II, de R$ 9,1 bilhões, até 2023. O projeto prevê duas máquinas de kraftliner integradas à produção de celulose, em Ortigueira (PR), com capacidade nominal de 920 mil toneladas de papel. O BID Invest financiou a construção da unidade Puma, em 2015.

Nesta semana, em teleconferência sobre resultados do terceiro trimestre, o diretor-geral da Klabin, Cristiano Teixeira, disse que o projeto está à frente do cronograma. No intervalo, os investimentos em Puma II somaram R$ 430 milhões, com 6,6% da primeira fase do projeto concluída e mais de 90% dos principais processos contratados.

Desde o início das obras, os investimentos somam R$ 718 milhões. A Klabin prevê aplicar R$ 1,6 bilhão no projeto em 2019 e R$ 3,8 bilhões em 2020. Inicialmente, a companhia previa financiar todo o projeto com recursos próprios, porém iria avaliar oportunidades no mercado.