Celulose Notícias

Klabin consolida emissão de debêntures e ingressa no Nível 2 de governança corporativa

O início das negociações das Units foi iniciado no dia 10 de janeiro.

O início das negociações das Units foi iniciado no dia 10 de janeiro.

A Klabin anuncia a conclusão da emissão de debêntures obrigatoriamente conversíveis em ações da companhia, totalizando a captação de R$ 1,7 bilhão. Com isso, a empresa considera bem-sucedida a capitalização para viabilizar o Projeto Puma – nova fábrica de celulose no Paraná. Efetiva-se também o novo Estatuto Social da companhia que, entre outras alterações, prevê a adesão da Klabin ao segmento especial de listagem Nível 2 da BM&FBOVESPA, com padrões de governança corporativa mais elevados. As ações da empresa passam a ser negociadas no Nível 2 a partir do dia 9 de janeiro.

A companhia informa ainda que será implementado o programa de emissão de certificados de depósito de ações (“Units”) compostos por uma ação ordinária e quatro ações preferenciais. O início das negociações das Units começa no dia 10 de janeiro.

A nova fábrica de celulose da Klabin demandará investimentos totais de R$ 5,8 bilhões, excluindo-se ativos florestais, melhorias em infraestrutura e impostos. Instalada na cidade de Ortigueira e com inauguração prevista para o primeiro trimestre de 2016, a nova unidade terá capacidade anual de produção de 1,5 milhão de toneladas, sendo 1,1 milhão de toneladas de fibra curta e 400 mil toneladas de fibra longa, parte dela convertida em fluff. Com isso, a capacidade de produção da Klabin irá dobrar em três anos.

Sobre a Klabin
A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão e papel kraft) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).
Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Fonte klabin