fbpx


Banner Incape Portal Tissue Online


Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online

Celulose Notícias

JP Morgan lidera oferta do BNDES na Suzano

suzano imperatriz destacada

Banco aceitou comissão de 0,28% do total do negócio e passou a liderar a transação

O banco JP Morgan Chase venceu uma batalha de preços e passou a liderar a transação de venda da fatia do banco de desenvolvimento BNDES na Suzano, de acordo com fontes familiarizadas com o assunto.

Com sede em Nova York, o JP Morgan aceitou comissão de 0,28% do total do negócio para que pudesse se tornar líder na oferta em que o BNDES pretende vender 11% das ações ordinárias da fabricante de papel e celulose.

Há outros quatro bancos que coordenam a oferta e irão dividir essa receita. De acordo com o preço de mercado de sexta-feira, 11, a venda atingiria R$ 6,8 bilhões, com comissão de cerca de R$ 19 milhões.

Tais operações melhoram o relacionamento dos investidores com o governo e ajudam seus bancos a ganhar posições em rankings. Nesse sentido, um negócio com proporções tão grandes quanto a venda da Suzano pelo BNDES auxiliaria o JP Morgan a subir no ranking de coordenadores de transações de ações no Brasil, no qual o banco ocupava o oitavo lugar neste ano até sexta-feira, segundo a Bloomberg.

No dia 3 de setembro, a Suzano informou que o BNDES comunicou à companhia que contratou o JP Morgan como coordenador líder da transação, que também conta, no consórcio de coordenadores, com o Bank of America, o Banco Itaú BBA, o Banco Bradesco BBI e a XP Investimentos Corretora de Câmbio Títulos e Valores Mobiliários. Conforme o BNDES, a transação está sujeita a condições favoráveis de mercado.

O BNDES possuía 150.217.425 de ações ordinárias da Suzano em 31 de agosto, o que representa cerca de 11,03% do total de ações ordinárias de emissão da empresa.

Isso também pode ser interessante 👇🏻
• Ecossistemas de inovação
• Lutepel apresenta o novo layout de suas marcas
• Próximo painel discutirá a indústria de tissue 4.0