fbpx


Banner Incape Portal Tissue Online
Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online


Celulose Notícias

International Paper apresenta ações de destaque para o desenvolvimento socioeconômico de Três Lagoas

Com mais de 7 anos de operação na cidade, companhia encerra o primeiro trimestre com bons resultados e é considerada referência para as demais plantas da IP no mundo.

SLIDE_intern

Em 2015, projetos sociais impactaram mais de 39 mil pessoas no Brasil, entre as 27 iniciativas, destacam-se os projetos Formare e Natureza e Corpo em Três Lagoas

A International Paper, líder mundial em fabricação de papéis para imprimir e escrever e embalagens, apresentou hoje, em Três Lagoas, um consolidado com os destaques da unidade e da companhia, e sua contribuição para o desenvolvimento socioeconômico da região desde sua instalação na cidade. Em evento realizado nesta terça-feira, 17 de maio, o gerente geral da unidade, Amaury Malia, destacou que, em mais de 7 anos de atuação na região, a IP, colaborou para a retomada da atividade industrial na cidade, proporcionando incremento na arrecadação de impostos e no PIB regional, gerando hoje mais de 500 postos de trabalho.

Do ponto de vista social, desde 2003 a International Paper já investiu mais de R$ 28 milhões e continua investindo na realização de diversas ações voltadas à comunidade, por meio do Instituto International Paper (IIP).

Alunos e monitores do projeto Inovare

Alunos e monitores do projeto Inovare

Entre os projetos está a Escola Formare, que oferece qualificação e especialização para jovens em vulnerabilidade social, proporcionando aos alunos a oportunidade de estar inserido em um ambiente que une conhecimento técnico e prático, garantido ao final do curso o certificado de iniciação profissional reconhecido pelo MEC (Ministério da Educação) de Operador de Produção da Indústria de Papel. Manoel Costa, aluno da primeira turma do projeto, hoje estudante de Engenharia e membro da equipe da International Paper, reforça essa oportunidade: “Com o conhecimento que adquiri através do projeto pude transformar a minha realidade e fazer planos para o futuro. Foi uma experiência única! Muito do que sou hoje, devo ao Formare e à IP”, conta Manoel, atual profissional da área do Acabamento.

Outro projeto de destaque é o Natureza e Corpo, realizado em parceria com a Secretaria de Educação de Três Lagoas, que promove a conscientização ambiental e o protagonismo social dos jovens para as questões de sustentabilidade, e que impactou, apenas em 2015, 1800 pessoas, com a participação direta de 400 alunos das escolas Joaquim Marques e Parque São Carlos.

A unidade de Três Lagoas, símbolo de excelência operacional e referência para unidades da IP ao redor do mundo, produz aproximadamente 236 mil toneladas/ano, número que representa mais de 20% do papel de imprimir e escrever produzido pela empresa no país. A IP realiza investimentos constantes na melhoria contínua de seus processos, além de apostar no desenvolvimento pessoal e profissional de suas equipes, que somam hoje mais de 500 profissionais diretos e indiretos.

A International Paper foi a primeira empresa do setor a apostar na região e se instalar na cidade, além disso, também foi a primeira unidade de produção de papéis da IP fora dos Estados Unidos, somando investimentos na ordem de R$ 300 milhões.

Para Amaury Malia, a expectativa para 2016 é de uma demanda crescente no País, já que o cenário atual do setor de papel é considerado positivo comparado aos anos anteriores. “Os Jogos Olímpicos, assim como as eleições municipais, tendem a impulsionar os negócios gráficos e consequentemente a demanda de papel para impressão”, explica.

No primeiro trimestre deste ano, a International Paper reportou, globalmente, lucros líquidos no valor de US$ 334 milhões (US$ 0,81 por ação), comparados aos lucros líquidos de US$ 313 milhões (US$ 0,74 por ação) no primeiro trimestre do ano anterior. “A companhia teve um primeiro trimestre sólido, impulsionado, entre outros fatores, pelo desempenho que vem demonstrando melhorias em nossas unidades de papel no mundo todo”, disse Malia.

Números da unidade

  • Atualmente, conta com um quadro total de (aproximadamente) 500 profissionais, entre diretos e indiretos;
  • 78% do quadro de profissionais é da região de Três Lagoas.
  • Quase 2mil pessoas impactadas com projetos sociais do IIP na região em 2015;
  • A fábrica de Três Lagoas produz por ano aproximadamente 236 mil toneladas de papel não revestido, por meio de uma tecnologia referência mundial entre as unidades da IP;
  • A planta foi a primeira do setor a se instalar na cidade e também a primeira fábrica da International Paper a ser construída para a produção de papéis fora dos Estados Unidos, somando investimentos na ordem de R$ 300 milhões;
  • É certificada pelos selos ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18001, Cerflor e FSC.

Instituto International Paper (IIP) – Projetos Sociais em Três Lagoas

Formare

  • O projeto Escola Formare oferece qualificação e especialização para jovens em vulnerabilidade social, garantido ao final do curso o certificado de iniciação profissional reconhecido pelo MEC (Ministério da Educação) de Operador de Produção da Indústria de Papel.
  • Em julho de 2015 foi realizada a formatura da 1ª turma da escola Formare, do Instituto International Paper (IIP), em Três Lagoas. Dez alunos, que iniciaram o curso em agosto de 2014, receberam o certificado de iniciação profissional reconhecido pelo MEC (Ministério da Educação), prontos para entrar no mercado de trabalho.
  • Em agosto de 2015, o projeto que teve mais de 200 inscritos, iniciou sua segunda turma com 10 alunos que seguem em curso.
  • O engajamento da unidade foi alto, considerando a proporção de profissionais, tendo uma taxa de 12% de inscritos para Educadores Voluntários.

Natureza e Corpo

  • O projeto do Instituto International Paper (IIP), ocorre desde 2013 e impactou, apenas em 2015, 1800 pessoas, com a participação direta de 400 alunos das escolas Joaquim Marques e Parque São Carlos.
  • O Natureza e Corpo tem o objetivo de difundir usos e costumes populares que resgatam fatores da identidade cultural da região, por meio da implantação dos canteiros de ervas em formato de corpo humano para que as crianças e seus familiares usufruam dos benefícios da horta para uma alimentação mais saudável e preventiva. As atividades estimulam a conscientização, o engajamento e a educação de jovens alunos para que eles sejam multiplicadores de conceitos e práticas de conservação ambiental e também possam contribuir para o desenvolvimento sustentável da própria comunidade local, promovendo o protagonismo social dos jovens para as questões de sustentabilidade.