IncapeTeste

INCAPE: transformando o mundo de maneira sustentável

Especialista na produção de papel cartão maculatura, a empresa aposta em ações para reduzir as emissões de gases de efeito estufa

Ao longo de sua história, a INCAPE, empresa especialista na produção de papel cartão maculatura para a indústria de tissue, vem construindo um legado ancorado em suas políticas de sustentabilidade, qualidade e segurança.

Ano após ano, a companhia investe em tecnologia e qualidade, aumentando o seu parque fabril e capacitando todos os seus profissionais para que a produção tenha sempre os mais altos índices de performance.

Além disso, a INCAPE tem grande respeito e preocupação com o meio ambiente e a comunidade da região onde está inserida. Por isso, tem apostado cada vez mais em ações de responsabilidade socioambiental visando à preservação do equilíbrio dos ecossistemas e sua biodiversidade, além da promoção e integridade dos direitos humanos.

Dentre os muitos desafios em sua jornada para se tornar uma organização mais sustentável, destaca-se o objetivo de alcançar a neutralidade climática, reduzindo as emissões de poluentes e incentivando práticas de compensação de carbono.

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA

Em busca de otimizar os seus processos para reduzir as emissões de gases de efeito estufa (GEE), e como parte integrante da sua missão de transformar o mundo de maneira sustentável, a INCAPE idealizou o projeto técnico intitulado “Inventário de emissões de gases de efeito estufa, com recomendações de descarbonização e compensação de emissões”.

Elaborado em parceria com a Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná (FUPEF), uma fundação de apoio da Universidade Federal do Paraná (UFPR), que é especialista em projetos científicos e tecnológicos nas áreas agrárias, florestal e ambiental, o documento reporta os cálculos realizados referentes às emissões de gases de efeito estufada INCAPE, bem como as remoções de dióxido de carbono em uma área florestal de sua propriedade.

O relatório ainda apresenta recomendações de redução e compensação de suas emissões de gases de efeito estufa como estratégia de descarbonização.

Nesse sentido, foi realizado o inventário de gases de efeito estufa (GEE) da INCAPE, utilizando a metodologia GHG Protocol, com complementos das metodologias do IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas), as quais são levadas em consideração para a elaboração desse tipo de projeto técnico. As emissões de GEE foram calculadas para os anos de 2017, 2018, 2019, 2020 e 2021.

O inventário teve como limite organizacional a indústria sediada em Benedito Novo (Santa Catarina, Brasil) e uma área florestal de 5,83 hectares, composta de plantações de pupunha (Bactris gasipaes), eucalipto (Eucalyptus spp.) e pinus (Pinus spp.).

Também foi feito o cálculo do potencial de remoção (sequestro) de CO2 pela vegetação ocorrente na plantação florestal de propriedade da empresa.

ESCOPO

O projeto técnico contemplou o inventário em três escopos de avaliação: Escopo 1: emissões diretas; Escopo 2: emissões por compra de energia; e Escopo 3: emissões indiretas.

Para o Escopo 1, analisam-se as emissões provenientes de fontes que pertencem ou são controladas pela empresa em suas operações. Já o Escopo 2 contempla as emissões da geração de eletricidade adquirida ou consumida pela INCAPE, considerando como “eletricidade adquirida” aquela que é comprada ou trazida para dentro dos seus limites organizacionais.

O Escopo 3 compreende todas as outras emissões indiretas, ou seja, aquelas decorrentes das atividades da empresa que são produzidas em fontes que não pertencem ou não são controladas por ela.

Trazendo essas definições à realidade da INCAPE, os itens analisados com base nos escopos foram:

Tabela 1 – Atividades e escopos considerados no inventário de GEE da INCAPE

Com base nessa análise, a FUPEF elaborou um relatório detalhado com os principais apontamentos sobre o que a INCAPE já está fazendo em seu processo de descarbonização, além de recomendações de redução e compensação de suas emissões de gases de efeito estufa.

AÇÕES DE REDUÇÃO DE EMISSÕES DE GEE JÁ DESENVOLVIDAS

Ao longo do projeto, ficou constatado que a INCAPE já vem colocando em prática medidas para reduzir as suas emissões de GEE, dentre as quais destacam-se:

  • Uso exclusivo de biomassa florestal para geração de energia térmica;
  • Uso exclusivo de energia elétrica de fontes hídricas;
  • Adoção de um sistema de tratamento de efluentes sem emissão de metano;
  • Promoção do reflorestamento como forma de compensar as suas emissões e gerar outras oportunidades de emprego e renda na região;
  • Uso de 100% matéria-prima de papel reciclado em seus processos, o que evita emissões por outros processos industriais.

Outro aspecto a ser ressaltado é que o deslocamento casa-trabalho-casa gera um nível baixo de emissões de GEE, uma vez que a maioria dos colaboradores é da própria região onde a empresa está localizada.

Todas as ações aplicadas cotidianamente pela INCAPE deverão ser incrementadas, com o intuito de aperfeiçoar ainda mais a gestão de carbono e prosseguir na buscar de ser neutra em emissões de carbono num futuro breve.

EM BUSCA DE UM PROPÓSITO

Os desafios são muitos, mas a INCAPE permanece firme em seu objetivo de se tornar uma empresa cada vez mais sustentável. Além de novas estratégias para otimizar seu processo produtivo de forma amigável com o meio ambiente, vem participando de estudos que a guiem em direção a um futuro mais verde e buscando certificações que comprovem a integridade de suas operações.

Conheça mais sobre a Política do Meio Ambiente da INCAPE, disponível em seu site.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo