NotíciasTissue no mundo

Grupo Voith apresenta bons resultados no primeiro semestre do ano fiscal de 2023/24

A empresa registrou aumento nos valores de lucros, pedidos recebidos e fluxo de caixa, apesar de menor volume faturado na divisão Paper

O Grupo Voith apresentou resultado satisfatório no primeiro semestre do ano fiscal de 2023/24 (de 1º de outubro de 2023 a 31 de março de 2024). O resultado foi alcançado apesar das significativas incertezas nos mercados de atuação da empresa. Graças a seu foco no aumento da lucratividade, a Voith melhorou tanto o seu resultado operacional quanto o lucro líquido no período. O valor de pedidos recebidos e a liquidez da empresa também aumentaram. 

Em linha com as expectativas, o faturamento do Grupo alcançou 2,64 bilhões de euros (€), um valor levemente inferior aos € 2,75 bilhões do ano passado. Já o valor de pedidos recebidos avançou significativamente para € 3,62 bilhões, em comparação com € 2,95 bilhões no ano passado. Esse aumento foi principalmente influenciado por um grande pedido recebido pela Divisão Voith Hydro. Com isso, os pedidos em carteira em 31 de março de 2024 alcançaram o valor recorde de € 8,13 bilhões, em comparação com € 7,02 bilhões no ano passado. O resultado operacional (EBIT) continuou avançando e somou € 129 milhões, comparado a € 123 milhões no ano passado. Com isso, o lucro líquido também subiu para € 38 milhões, em comparação com € 29 milhões no mesmo período do ano passado. Já o fluxo de caixa líquido das atividades operacionais (ONCF) disparou para € 159 milhões, em comparação com € 35 milhões no ano passado. 

“Apesar das enormes incertezas prevalecentes em nossos mercados, foi satisfatório o desempenho da Voith no primeiro semestre do ano. O fluxo de caixa e os lucros, em particular, aumentaram significativamente. Isso garante a resiliência tanto operacional quanto financeira que a Voith precisa para continuar investindo em seu futuro”, comenta o Dr. Toralf Haag, CEO do Grupo Voith. 

INVESTIMENTOS EM TECNOLOGIAS INOVADORAS DO FUTURO 

A Voith continua investindo em tecnologias voltadas à proteção do clima. Na área de mobilidade, a empresa continua desenvolvendo soluções de acionamento inovadoras. Nesse particular, as tecnologias do hidrogênio se destacam, e a fundação da “Voith HySTech GmbH”, em abril deste ano, evidencia esse objetivo do Grupo. O conhecimento profundo em compósitos de carbono combinado com décadas de experiência na indústria e no setor automotivo garantem que a Voith está bem posicionada para investir no desenvolvimento de sistemas de armazenamento de hidrogênio. Um dos primeiros resultados dessa iniciativa pode ser visto no desenvolvimento de tanques de hidrogênio de instalação rápida Plug & Drive para veículos pesados. Com a homologação das autoridades rodoviárias europeias, obtida no final de 2023, a Voith já está liberada para comercializar os tanques com pressão operacional de 700 bar que compõem esse sistema. 

Já para avançar na descarbonização do setor papeleiro, a Voith fechou uma parceria com a Essity, empresa líder mundial em higiene e saúde. A parceria é focada no desenvolvimento de um conceito inovador para a produção de papel neutro em CO2. E para aprofundar a pesquisa dessa solução, uma máquina piloto foi recentemente instalada na sede da Voith em Heidenheim, Alemanha. O financiamento de cerca de € 14,5 milhões para esse projeto veio do fundo europeu “NextGenerationEU”, além do programa “Descarbonização na Indústria”, do Ministério Federal Alemão de Economia e Proteção Climática (BMWK). 

Além disso, a automatização do transporte ferroviário de mercadorias continua sendo uma prioridade para a empresa.  Para isso, a Voith desenvolveu o acoplamento automático digital CargoFlex, que permite transferir o transporte de mercadorias para o modal ferroviário. Com isso, a empresa contribui significativamente para reduzir as crescentes emissões de CO2 e assim alcançar os objetivos do Pacto Verde Europeu. 

SUSTENTABILIDADE COMO MODELO DE NEGÓCIO 

Em janeiro de 2024, a Voith realinhou sua estratégia de proteção climática com sua adesão à iniciativa Science Based Targets (SBTi). Com isso, a empresa espera avançar ainda mais no desenvolvimento de soluções voltadas para reduzir as emissões de gases de efeito estufa. Por fim, a Voith também está comprometida com os dez princípios do Pacto Global, abrangendo as áreas de direitos humanos e trabalhistas, meio ambiente e combate à corrupção.  

“O Conselho de Administração do Grupo Voith está comprometido em fazer da sustentabilidade a base de todas as suas decisões estratégicas, impulsionando as práticas de sustentabilidade da Voith em todo o mundo”, afirma o Dr. Toralf Haag. 

DESEMPENHO SATISFATÓRIO NAS TRÊS DIVISÕES DO GRUPO 

No primeiro semestre, o faturamento da Divisão Voith Hydro alcançou € 587 milhões, o que representa um aumento de 4% em relação ao primeiro semestre do ano passado. O valor de pedidos recebidos somou € 1,51 bilhão, e foi significativamente influenciado por um grande pedido na África Ocidental. O resultado operacional permaneceu estável em € 6 milhões de euros, um valor considerando ainda insatisfatório. 

Já a Divisão Voith Paper registrou vendas de € 1,04 bilhão, o que representa uma leve queda comparada à cifra de € 1,18 bilhão obtida no ano passado. Os pedidos recebidos caíram para € 1,04 bilhão, em comparação com € 1,26 bilhão no ano anterior. Já o resultado operacional apresentou uma leve queda, alcançando € 76 milhões, comparado a € 77 milhões no ano passado. 

Por fim, o resultado operacional da Divisão Voith Turbo aumentou para € 48 milhões, em comparação com € 33 milhões obtidos no ano passado. O faturamento totalizou € 977 milhões, o que equivale a um aumento de 2%, ao passo que os pedidos recebidos caíram levemente para € 1,03 bilhão, comparados com € 1,05 bilhão no ano passado. 

PERSPECTIVA: AUMENTO NO LUCRO E NO VALOR DE PEDIDOS RECEBIDOS 

Para o segundo semestre do atual ano fiscal de 2023/24, a Voith espera alcançar suas metas de faturamento, lucros e pedidos recebidos apesar da persistência de altas taxas de juros, volatilidade nos mercados e baixo crescimento da economia mundial. 

Fonte
Voith
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo