fbpx

Banner Animado Adritz no Portal Tissue Online

Notícias Tissue na América Latina

Grupo Familia é considerado culpado em processo sobre produtos de tissue

destacada-familia

O inquérito visou à Familia e quatro outras empresas no mercado colombiano e refere-se a atividades que ocorreram até 2013

O Grupo Familia foi considerado culpado em um inquérito antitruste relacionado a produtos de papel tissue conduzido por autoridades da Colômbia.

O inquérito visou à Familia e quatro outras empresas no mercado colombiano e refere-se a atividades que ocorreram até 2013. A Familia – da qual a SCA possui 50% das ações – será multada em aproximadamente 170 milhões de coroas suecas.

famialia-colombia-planta

A SCA fez uma provisão de aproximadamente 100 milhões de coroas suecas relacionada à revisão contínua da Familia pela autoridade da concorrência colombiana. O valor foi reportado como um item que afeta a comparabilidade no primeiro trimestre de 2016.

A SCA fará uma provisão adicional de aproximadamente 70 milhões de coroas suecas relacionada à categoria de tissue. O valor será reportado como um item que afeta a comparabilidade no segundo trimestre de 2016.

A investigação na Colômbia sobre a categoria e fraldas para bebês ainda está em andamento e ainda não tem uma provisão.

Em comunicado, a SCA disse que leva o assunto a sério: “Desde 2013, a SCA apoia a empresa na revisão de seu Código de Conduta com base em um modelo europeu. O Código de Conduta da Família agora está em conformidade com toda a nova legislação e a estrutura da ONU para negócios e direitos humanos”.

Em comunicado, o Grupo Familia disse que desejava expressar seu “sincero arrependimento por seu envolvimento”. “À luz do relatório, o Grupo Familia reconhece e aceita totalmente os erros passados de parte da equipe de gerenciamento e de outros funcionários. Esses erros não refletem de forma alguma as origens da empresa ou as realizações legítimas que a empresa fez nas últimas cinco décadas”.

“Lamentamos profundamente essas ações de alguns funcionários e estamos plenamente conscientes da decepção que essa situação causa entre aqueles que nos deram sua confiança e lealdade, afirmou o grupo, acrescentando que, no início da investigação, dois funcionários foram demitidos. E em abril, o diretor executivo da empresa, Dario Rey Mora, foi colocado em licença por tempo indeterminado.

Isso também pode ser interessante 👇🏻
• Tissue Online lança nova plataforma de debate
• Você sabe realmente quanto custa seu filme stretch?
• O setor de tissue está preparado para a Indústria 4.0?

Ele não terá nenhum papel na gestão da empresa até que o conselho de administração tenha tido a oportunidade de avaliar as conclusões da investigação. O gerente de fabricação do Grupo Familia, Andres Felipe Gomez Salazar, foi nomeado diretor executivo interino.

Banner Incape Portal Tissue Online