Celulose Notícias

Fusão entre Suzano e Fibria é aprovada nos EUA

Operação ainda depende da aprovação de outros órgãos

As autoridades de defesa da concorrência nos Estados Unidos aprovaram a união entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria. A companhia resultante da operação será a maior produtora de celulose do mundo, informaram as empresas nesta sexta-feira.

A fusão ainda depende do “cumprimento de outras condições precedentes usuais para este tipo de operação, incluindo a aprovação por determinadas autoridades da concorrência no Brasil e no exterior”, afirmaram as empresas em comunicados separados.

A operação, divulgada 15 de março deste ano, consolida o Brasil como líder global no mercado de celulose de fibra curta —cujos custos de produção são mais atrativos que o mercado de fibra longa, típico do hemisfério norte.

Juntas, Suzano e Fibria terão 11 unidades industriais, capacidade de produção de 11 milhões de toneladas de celulose, exportações anuais de R$ 18 bilhões e uma base de clientes em 90 países.

A projeção de investimentos para este ano das duas empresas é de R$ 6,4 bilhões.

Comente com Facebook

Comentários