Celulose Notícias

Fibria investe em sistema de monitoramento em suas florestas

Iniciativa busca aperfeiçoar capacitação operacional e aumentar produtividade, além de ganhos em segurança e taxa de utilização das máquinas

A Fibria, líder mundial na produção de celulose de eucalipto a partir de florestas plantadas, investe em tecnologia para aumentar a produtividade em sua unidade em Três Lagoas (MS). Por meio do Projeto Floresta Inteligente, máquinas de operações florestais foram equipadas com câmeras e passaram a ser monitoradas. A estratégia resultou em mais segurança, qualidade nas operações e ganhos de produção na ordem de 10%.

As máquinas receberam duas câmeras cada – uma interna e outra externa -, que acompanham todos os movimentos dos equipamentos. Os vídeos são analisados pelos técnicos de operação e desenvolvimento, que detectam os pontos a serem melhorados, incluindo indicativos para garantir a capacitação dos operadores e o respeito às normas de segurança e ergonomia. As imagens ficam armazenadas por 10 dias e os técnicos têm acesso a todo o conteúdo.

“As imagens captadas trazem dados importantes, que permitem identificar detalhes como resíduos nas pilhas de madeira e movimentos desnecessários das máquinas. Isso possibilitou a melhoria da gestão das atividades e trouxe benefícios para a produtividade, além de elevar a taxa de vida útil dos equipamentos”, afirma Tomás Balistiero, gerente-geral de Operações Florestais da Fibria no Mato Grosso do Sul.

Floresta Inteligente

A partir de um diagnóstico, a Fibria estruturou a gestão de iniciativas de digitalização no Projeto Floresta Inteligente, liderado pela área Florestal. Foi criada uma arquitetura de coleta, comunicação, análise e disponibilização de dados, em que todas as ações de novas tecnologias são centralizadas no Projeto Floresta Inteligente.

São quatro frentes de implementação de novas tecnologias: plantio (silvicultura), colheita, logística de madeira e análise sistêmica de dados. Mais de 50 projetos já foram implementados até o momento.

Comente com Facebook

Comentários