Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online

Celulose Notícias

Fibria celebra contrato para venda de terras por R$ 1,65 bilhão

imagem

A Fibria, empresa 100% brasileira que é líder global em celulose de eucalipto, celebrou na última sexta-feira (15) um contrato com a Parkia Participações S.A. para a venda de cerca de 210 mil hectares de terras localizadas nos Estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Bahia e Espírito Santo.

O valor total da operação é de R$ 1,65 bilhão, sendo que a Fibria receberá inicialmente R$ 1,4 bilhão, e os R$ 250 milhões remanescentes poderão ser pagos em três prestações ao longo de 21 anos. O pagamento inicial será feito até 30 de dezembro deste ano, na data em que ocorrer o fechamento do negócio, após a obtenção das aprovações regulatórias obrigatórias.

Com a efetivação da operação, a Fibria também assinará contratos de parceria rural e florestal pelo prazo de até 24 anos com a Parkia Participações, uma empresa brasileira, subsidiária de uma joint venture controlada por investidores brasileiros, que conta também com recursos de investidores qualificados por meio de um Fundo de Investimento em Participações (FIP). Desta forma, a companhia garantirá que, ao longo deste período, continuará a operar suas florestas nas áreas vendidas. Assim, a venda de terras significa a alienação dos ativos, mas não a transferência das atividades relacionadas à gestão da floresta, como manejo, licenças e certificações, além do relacionamento com as comunidades, que permanecerão sob a responsabilidade da Fibria.

O negócio está em linha com a estratégia da Fibria de fortalecer sua estrutura de capital. “Os recursos provenientes da operação serão destinados ao pré-pagamento de dívidas mais caras, fortalecendo o nosso balanço e preparando a companhia para um novo ciclo de crescimento”, afirma Marcelo Castelli, presidente da Fibria.

Sobre a Fibria

Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria possui capacidade produtiva de 5,3 milhões de toneladas anuais de celulose, com fábricas localizadas em Três Lagoas (MS), Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Eunápolis (BA), esta última onde mantém a Veracel em joint venture com a Stora Enso. Em sociedade com a Cenibra, opera o único porto brasileiro especializado em embarque de celulose, Portocel (Aracruz, ES). Com uma operação integralmente baseada em plantios florestais renováveis, a Fibria trabalha com uma base florestal própria de 966 mil hectares em áreas localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Bahia, dos quais 347 mil são destinados à conservação ambiental. A Fibria mantém cerca de 17 mil trabalhadores, entre empregados próprios e terceiros permanentes, incluindo Portocel, e está presente em 255 municípios de sete Estados brasileiros.