fbpx


Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online


Banner Incape Portal Tissue Online

Celulose Coronavírus Notícias

Eldorado amplia medidas de combate ao coronavírus

eldorado fábrica três lagoas

A empresa decidiu suspender temporariamente as atividades de plantio de eucalipto e as obras de construção da Usina Termelétrica Onça Pintada

A Eldorado Brasil ampliou as medidas de prevenção contra o novo coronavírus em suas operações, diante do agravamento da pandemia no país e no mundo. A empresa decidiu suspender temporariamente as atividades de plantio de eucalipto e as obras de construção da Usina Termelétrica Onça Pintada. As atividades não interferem na produção de celulose e serão retomadas assim que a situação de saúde pública for regularizada.

As novas medidas somam-se a outras já implementadas pela Eldorado Brasil, alinhadas às recomendações das autoridades. A empresa tem sua fábrica em Três Lagoas e mais de 4 mil funcionários no Mato Grosso do Sul.

eldorado eucalipto

Todos os colaboradores que podem fazer trabalho remoto estão em regime de home office, trabalhando de casa. Trabalhadores dos grupos de risco também estão em casa e funcionários que apresentem ou que convivam com pessoas que apresentem sintomas de gripe estão em quarentena.

Nas operações, a Eldorado reajustou equipes, transportes e refeições, de forma a ampliar o distanciamento entre os colaboradores. Todas as viagens, visitas e eventos estão cancelados. Uma campanha interna também reforça as boas práticas de higiene e a higienização dos ambientes e a campanha de vacinação foi antecipada.

A produção de celulose da empresa está mantida, por se tratar de uma matéria prima essencial para o enfrentamento do novo coronavírus. A celulose é a base para a fabricação de máscaras hospitalares, papéis tissue e embalagens dos mais diversos itens básicos, como medicamentos, insumos hospitalares, alimentos e bebidas.

“Os produtos dessa indústria são essenciais para enfrentar os desafios atuais impostos pela pandemia da Covid-19. Com atuação em mais de 1.000 municípios e fábricas e áreas florestais espalhadas em quase todos os estados brasileiros, o setor é fonte de mais de 5.000 produtos, alguns deles fundamentais para o dia a dia de todos, inclusive para proteger os profissionais de saúde”, disse, em carta pública, o presidente-executivo da Ibá (Indústria Brasileira de Árvores), Paulo Hartun.

LEIA TAMBÉM: