Copapa Notícias Tissue no Brasil

Copapa conquista o Rótulo Ecológico ABNT Ambiental

destacada-copapa-ecogreen

Entenda como e por que a empresa ganhou essa importante certificação

A Copapa (Companhia Paduana de Papéis), fabricante de papéis tissue (papel higiênico, guardanapo e papel toalha), conquistou um marco no setor ao ser a primeira empresa do segmento a receber o Rótulo Ecológico ABNT Ambiental para um produto de sua linha.

O projeto de certificação foi iniciado em 2019, em decorrência do lançamento do Carinho Eco Green, o primeiro papel higiênico sustentável em todo seu ciclo de vida do mercado brasileiro, que chegou às prateleiras em janeiro de 2020.

copapa-certificado-face

A certificação foi a validação dos esforços da empresa depois de dez anos de estudos e testes, para o desenvolvimento de um produto sustentável do início ao fim:  da extração de recursos, passando pela produção e distribuição, até chegar ao descarte.  Para chegar ao lançamento do Carinho Eco Green, a empresa investiu R$10,2 milhões em pesquisas e cerca de R$ 47 milhões em maquinário.

O PROGRAMA ABNT DE ROTULAGEM AMBIENTAL

O Rótulo Ecológico ABNT é uma certificação voluntária, que visa a estimular a procura e oferta de produtos e serviços ambientalmente responsáveis, garantindo ao consumidor a confiabilidade nas informações. É classificado como um Rótulo Tipo I, o que significa que é uma certificação de terceira parte. A certificação se dá por meio de um processo altamente rigoroso, baseado nas normas ABNT NBR ISO 14020 e ABNT NBR ISO 14024.

“O Rótulo Ecológico ABNT é uma importante ferramenta que comunica aos consumidores que o produto certificado atende a diversos requisitos ambientais, sociais e de desempenho, garantindo à sociedade que irá causar um impacto menor, contribuindo para a sustentabilidade das futuras gerações”, afirma Guy Ladvocat, gerente de certificação de sistemas da ABNT.

POR QUE BUSCAR ESSA CERTIFICAÇÃO

A ABNT é o único membro pleno da Global Ecolabelling Network (GEN) na América do Sul, uma entidade sem fins lucrativos composta por cerca de 27 organizações de rotulagem ecológica em todo o mundo, representando quase 60 países e territórios. Além da autoridade da ABNT no Brasil, uma certificação do Programa ABNT de Rotulagem Ambiental dá a sua marca credibilidade global.

Existem diversos benefícios agregados a uma certificação ambiental, além de comunicar ao consumidor a idoneidade do produto com relação ao seu compromisso com a sustentabilidade ambiental, econômica e social.

Por meio da análise do ciclo de vida proposto no programa ABNT de Rotulagem Ambiental, a Copapa pôde identificar oportunidades de melhoria em cada etapa do seu processo e encontrou alternativas para redução de desperdício financeiro, para melhoria da produtividade e da qualidade, além, é claro, da preservação de recursos naturais.

Para a Copapa, o processo de certificação foi decisivo para ajustar seus procedimentos de modo a alcançar seu objetivo de colocar no mercado um papel higiênico realmente sustentável, do começo ao final do seu ciclo de vida.

POR QUE VALE A PENA O ESFORÇO

Em um mercado cheio de produtos com marketing “greenwashing”, ou seja, que se intitulam como “verdes” e “sustentáveis” sem comprovações, é importante que a marca tenha a validação de sua sustentabilidade por uma terceira parte. Somente uma organização idônea e totalmente isenta, como a ABNT, tem credibilidade suficiente para chancelar o posicionamento da empresa perante o consumidor.

Por outro lado, o esforço só faz sentido quando a empresa realmente tem um projeto de comprometimento com a sustentabilidade em seus três pilares: econômico, social e ambiental.

Isso também pode ser interessante 👇🏻
• Copapa ativa parcerias para promoção de solidariedade durante pandemia
• Com aumento de demanda, Copapa adapta sistemas de produção e distribuição
• Felipe Quintino bate um Papo de CEO com Fernando Pinheiro, CEO da Copapa

É o caso da Copapa, que percebeu que o mercado de papel tissue precisava de inovação, além de desenvolver soluções mais eficientes: era preciso investir em processos mais ecológicos e mais responsáveis com seus stakeholders: colaboradores, consumidores e sociedade em geral.

“O lançamento do Carinho Eco Green foi apenas o primeiro passo para a transformação da cultura organizacional da Copapa. A empresa tem um projeto macro, chamado de Copapa 60+, que coloca os pilares da sustentabilidade no centro da estratégia do negócio. Isso significa que toda nossa linha de produtos terá adequações para que cheguem às casas dos consumidores com mais responsabilidade e comprometimento com a sociedade e com a preservação dos recursos naturais para as futuras gerações”, afirma Fernando Pinheiro, diretor-presidente da Copapa.

O próximo objetivo da empresa é ser certificada pelo Sistema B, um movimento global que pretende redefinir o conceito de sucesso nos negócios e identificar empresas que utilizem seu poder de mercado para solucionar problemas sociais e ambientais.