fbpx
NotíciasTechmeltTissue no Brasil

Conheça os conjuntos refinadores Techmelt

Os discos para refinadores Techmelt são produzidos em ligas metálicas especiais de alto rendimento desenvolvidas para aplicações específicas

Os discos para refinadores Techmelt são produzidos em ligas metálicas especiais de alto rendimento desenvolvidas para aplicações específicas, com dureza de lâmina constante ao longo de toda a sua vida útil. A dureza é a característica que expressa a resistência às deformações e está diretamente relacionada com o desgaste.

Após a fundição, o material é submetido a um tratamento que transforma a estrutura da matriz, o que lhe confere alta resistência para ser utilizado em desfibradores e refinações em alta consistência na produção de celulose ou pasta mecânica.

Os modernos processos de fundição permitem que a espessura da lâmina seja igual desde a base até o topo. Para aplicações em baixa consistência, com lâminas finas a partir de um milímetro de espessura, apresentam ótima resistência mecânica, além de praticamente eliminarem a possibilidade da ocorrência de falhas de fundição, como deformações e irregularidades.

Outra importante característica dos discos refinadores é a qualidade do pré-amaciamento, cujo objetivo é estabelecer superfícies paralelas na zona de refino principal para compensar os efeitos de empuxo centrífugo e axial nos discos em posição estática, alterando para melhor os fatores de alimentação da máquina.

A equipe técnica da Techmelt está plenamente capacitada para otimizar o processo de refinação, promover treinamentos e fornecer a mais alta qualidade em discos e cones para o tratamento das fibras. Para saber mais, entre em contato pelo e-mail: contact@techmelt.com ou pelo telefone: (19) 3887-1420.

Conheça os conjuntos refinadores Techmelt

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Baixe nosso e-book!

Conheça OS PRINCIPAIS fabricantes de papel tissue do Brasil e suas capacidades produtivas.

Este levantamento apresenta os principais fabricantes de papel tissue no Brasil em ranking definido por capacidade produtiva instalada.