Notícias Tissue no Brasil

Cesta básica do paulistano fica 1,44% mais cara em maio, diz Procon-SP. Papel higiênico sobe 9,38%.

O preço médio da cesta básica paulistana teve alta de 1,44% em maio, segundo pesquisa realizada pelo Procon-SP. O valor do conjunto de 31 produtos básicos na capital paulista passou de R$ 429,28 em abril para R$ 435,45. Nos últimos 12 meses, a cesta básica acumula alta de 6,71%. A variação no ano é de 2,98%.

papel-toalet1-630x378

Dos 31 produtos pesquisados, 17 tiveram alta, 12 diminuíram de preço e 2 permaneceram estáveis no período. Nos três grupos avaliados, Higiene Pessoal teve o maior aumento, com 2,24%. O grupo Alimentação registrou alta de 1,49% e Limpeza subiu 0,29%.

Os produtos que registraram os maiores aumentos foram cebola (67,72% o quilo), papel higiênico fino branco (9,38% o pacote com quatro unidades), carne de segunda sem osso (5,19% o quilo), margarina (4,69% o pote de 250 gramas) e carne de primeira (4,55% o quilo).

As maiores quedas foram encontradas no preço de batata (-9,71% o quilo), ovos brancos (-6,49% a dúzia), feijão carioquinha (-4,66% o pacote de um quilo), sabonete (-4,4% a unidade de 90-100 gramas) e farinha de trigo (-3,27% o pacote de um quilo).

dci.com.br