Celulose Notícias

Bracelpa: produção de celulose sobe 4,5% no 1º bimestre

SLIDE_brace

A produção brasileira de celulose cresceu 4,5% e a de papel avançou 1,7% nos dois primeiros meses de 2014, na comparação com o mesmo período de 2013, informou a Associação Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa). No período, foram produzidas 2,5 milhões de toneladas de celulose e 1,7 milhão de toneladas de papel.

As exportações de celulose cresceram 17,9%, para 1,6 milhão de toneladas no primeiro bimestre na comparação com igual intervalo do ano passado. Também foi registrada alta de 7,7% nas exportações de papel, com um total de 321 mil toneladas do produto. As importações de celulose caíram 16,7% no período, para 60 mil toneladas, e as de papel diminuíram 2,3%, para 208 mil toneladas.

A Europa e a China permanecem como os principais mercados para a celulose brasileira, gerando aproximadamente 43% e 32% da receita com as vendas externas do produto, respectivamente. A América do Norte participa com cerca de 16%.

Já em relação ao papel, a América Latina segue como principal mercado, responsável por mais de 52% da receita de exportação no acumulado de janeiro e fevereiro, seguida pela Europa e América do Norte, que participam dessa receita com cerca de 16% e 14%, respectivamente.

A Bracelpa informa ainda que os embarques para a América do Norte cresceram 29% nos primeiros meses do ano, comparados com os de 2013.

Ainda de acordo com a entidade, as vendas domésticas de celulose recuaram 4,1% nos dois primeiros meses do ano ante o mesmo período do ano passado, para 282 mil toneladas. Já as vendas de papel no mercado doméstico somaram 910 mil toneladas, com alta de 2,7% na mesma base de comparação.

O consumo aparente (indicador que dimensiona a demanda doméstica) de celulose recuou 14,9%, para 905 mil toneladas, enquanto o de papel avançou 0,1%, para 1,610 milhão de toneladas.

economia.estadao.com.br