Notícias Personal Care

ANVISA proíbe comercialização das fraldas descartáveis Cegonha e Ternura

Empresa goiana fabrica, comercializa e divulga produtos sem notificação do órgão da vigilância; vendas e fabricação das fraldas descartáveis estão suspensas.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda de fraldas descartáveis produzidas pela Quimpharm Indústria Química e Farmacêutica Ltda. A empresa produz duas marcas, Cegonha e Ternura, em tamanho infantil e adulto.

Estão proibidas todas as fraldas produzidas pela Quimpharm. Veja a lista abaixo:

Produto: Fralda Ternura Econômica (todos os tamanhos)
Produto: Fralda Ternura Regular (todos os tamanhos)
Produto: Fralda Ternura Jumbo (todos os tamanhos)
Produto: Fralda Ternura Adulto (todos os tamanhos)
Produto: Fralda Cegonha Econômica (todos os tamanhos)
Produto: Fralda Cegonha Regular (todos os tamanhos)
Produto: Fralda Cegonha Mega (todos os tamanhos)
A proibição da fabricação, venda e divulgação é uma medida preventiva, uma vez que a Quimpharm não apresentou uma notificação para a Anvisa. A medida é obrigatória a todos os fabricantes: a empresa comunica previamente à Anvisa a importação, industrialização e exposição à venda, por exemplo.

Fica sob responsabilidade do fabricante recolher os produtos à venda e em estoque. A reportagem entrou em contato com a empresa para posicionamento da Quimpharm em relação ao ocorrido, mas até o fechamento desta matéria não havia tido resposta.

Comente com Facebook

Comentários