fbpx




Banner Incape Portal Tissue Online
Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online

Celulose Notícias

Ações de empresas de energia e papel e celulose foram destaque de valorização em 2015

celulose

Consultoria avaliou desempenho de ações de empresas e 26 delas tiveram desempenho superior ao CDI, que tem rendimento semelhante à da taxa referencial (Selic). Empresas dos setores de energia e papel e celulose têm três representantes cada na lista.

Ao longo de 2015, apenas 26 ações listadas na bolsa de valores tiveram valorização superior ao CDI (Certificado de Depósito Interbancário), modalidade de investimento que tem rendimento semelhante à taxa de juros referencial, a Selic. Das empresas listadas, aquelas que atuam nos setores de energia elétrica e papel e celulose têm três representantes cada na lista, sendo os setores com maior destaque. O levantamento, segundo informou a consultoria, considerou somente ações com volume financeiro médio diário superior a R$ 5 milhões.

O levantamento, produzido pela consultoria Economatica, mostra que o CDI teve rendimento acumulado do começo do ano até 23 de dezembro de aproximadamente 13%. Em comparação, as ações da Braskem, melhor posicionada da lista, rendeu 74,18%, um total de 61,18 pontos porcentuais a mais que o CDI. Em segundo lugar, apareceu a Fibria (71,28% de rendimento), seguido por Suzano Papel (66,06%) e Klabin (58,95%).

Nas ações destacadas, há apenas um banco, o Santander (27,29%) e duas empresas de economia mista, que são parcialmente estatais. São a Eletrobras (24,29%) e a Sabesp (15,74%).
Os CDIs são aplicações consideradas conservadoras, já que oferecem poucos riscos aos investidores. Já as ações de empresas abertas podem proporcionar mais lucro, como essas 26 empresas destacadas, mas são consideradas mais arriscadas, já que não garantem lucro em um período pre-determinado.

fatoonline.com.br