Celulose Notícias

Suzano segue concorrentes e também aumenta o preço da celulose

Companhia realiza primeiro ajuste de 2018 para todos os mercados

Unidade-de-Negócio-Celulose

A Suzano e Eldorado Brasil seguiram os passos da Fibria e reajustaram os preços da celulose de fibra curta para os mercados de referência. As informações são do site do jornal Valor Econômico. A alta dos preços passa a valer já em fevereiro.

Segundo a publicação, a Suzano elevou em US$ 30 por tonelada as cotações de referência para Europa e América do Norte, mas não aplicará o valor ao mercado chinês. Diante disso, o preço da tonelada do produto, vendido pela Suzano, passa para US$ 1.030 na Europa e US$ 1220 nos EUA.

FULLBANNER.700.110

Em janeiro, a Fibria, maior produtora de celulose de eucalipto do mundo, aumento no preço de celulose para a América do Norte, Europa e Ásia a partir de 1º de fevereiro. A companhia informou que o novo preço da tonelada de celulose na Europa passará para 1.030 dólares por tonelada, enquanto na América do Norte o novo valor será de 1.210 dólares. Em ambos os casos, os reajustes são de 30 dólares. Para a Ásia, o aumento será de 20 dólares, para 830 dólares por tonelada.

O último aumento anunciado pela Fibria ocorreu em novembro.

investing.com

Comente com Facebook

Comentários