Celulose Notícias

Para Paper Excellence, compra da Eldorado Brasil foi uma oportunidade de ouro

eldorado

Multinacional pagou R$ 15 bilhões pela fabricante de celulose da J&F Investimentos

fabrica-celulose-eldorado-brasil

A Paper Excellence (PE), empresa da família de origem chinesa Widjaja, estabelecida na Indonésia, diz que a compra da fábrica de celulose Eldorado Brasil, em Três Lagoas, foi uma oportunidade “de ouro” para entrar no Brasil com uma fábrica de 1,7 milhão de toneladas por ano já em operação.

A multinacional, estabelecida na Indonésia, pagou R$ 15 bilhões pela fabricante de celulose da J&F Investimentos. “Estamos celebrando”, afirmou o presidente-adjunto da Paper Excellence, Pedro Chang, em entrevista por telefone ao Jornal Valor Econômico, após o fechamento do negócio no fim de semana.

A compra da Eldorado pela Paper Excellence, empresa com sede na Holanda que pertence aos mesmos donos da gigante indonésia Asia Pulp and Paper (APP), surpreendeu a indústria. Ainda de acordo com o Valor Econômico, antes de pensar em expansão, a Paper Excellence vai se concentrar na integração de seus ativos. As obras de expansão da fábrica em Três Lagoas foram paralisadas no final do ano passado, e praticamente nem saíram do papel.

Leia também: 

Chile: CMPC tem recursos indeferidos pelo Tribunal de Apelações

Chilena Arauco investirá U$S185 milhões em nova fábrica

Segundo Ibá, celulose brasileira e produção de papel batem novos recordes mundiais

A Paper Excellence tem outras sete fábricas, no Canadá e na França, com capacidade de produção de 2,3 milhões de toneladas. “A Paper Excellence opera cinco fábricas no Canadá e duas na França, mas basicamente de fibra longa. E também fazemos pasta mecânica de celulose, que é usada na fabricação de papel cartão, para embalagens, como as do McDonald’s. No entanto, a fibra curta é muito importante, e a Eldorado tem a fibra curta de eucalipto, que é a melhor para produção papéis de imprimir e escrever. Então é uma sinergia muito importante no nosso negócio, de continuidade, de crescimento e internacionalização, porque também queremos ser o líder global na indústria de celulose. Estamos sempre olhando oportunidades de expansão, seja aquisição ou construção de novas fábricas. Então, olhamos para a Eldorado como uma oportunidade muito boa”, declarou o presidente-adjunto da Paper Excellence, Pedro Chang, ao Valor Econômico.

curso lançamento liderança tissue

Ainda segundo Chang, o Brasil, hoje, tem a qualidade da tecnologia da qual entende ser a melhor do mundo. “Se você quer construir uma fábrica do zero, isso custa muito mais caro. Talvez o custo fosse ficar muito mais alto. Quando você adquire uma fábrica de celulose, você não compra só a fábrica, você compra a tecnologia, as pessoas, os talentos. Custaria muito até começar a operar a fábrica. Achamos que o preço de R$ 15 bilhões, pelos nossos cálculos, é bastante razoável”, frisou.

jpnews.com.br

Comente com Facebook

Comentários