Notícias Tissue no Mundo

Navigator aumenta dividendos para 250 milhões

nav

A empresa liderada por Diogo da Silveira volta a pagar um dividendo através da distribuição de reservas livres, além da remuneração regular. No total os acionistas recebem 250 milhões.

logotipo-the-navigator-company

A Navigator vai pagar um dividendo total de 34,868 cêntimos referente ao exercício do ano passado, anunciou a companhia nas propostas que vai levar à votação dos acionistas na assembleia geral marcada para 24 de Maio.

O dividendo regular é de 23,71 cêntimos, o que representa um aumento de 49% face à remuneração do ano passado.

Mas tal como tem feito nos últimos exercícios, a Navigator vai voltar a pagar dividendos através da distribuição de reservas livres. São mais 11,158 cêntimos, o que representa um aumento de 43% face ao valor do ano passado.

Contas feitas, a Navigator vai remunerar os accionistas com um dividendo total por acção de 34,868 cêntimos, ou seja, um crescimento de 47% face aos 23,712 cêntimos do ano anterior.

Além dos 23,712 cêntimos pagos no ano passado, a Navigator tinha distribuído dois dividendos especiais no final de 2015, no valor total de 18,13 cêntimos. Ou seja, referente ao exercício de 2015 os acionistas da Navigator receberam 41,842 cêntimos por ação, mais do que vai ser pago em relação ao exercício de 2016.

Este dividendo total que vai ser pago este ano representa uma rendibilidade de 9,12%, tendo em conta a cotação de fecho nos 3,82 euros. Com esta remuneração, a Navigator coloca-se no topo das cotadas portuguesas com o dividendo mais rentável, rivalizando com os CTT, que também apresenta um “dividend yield” próximo dos dois dígitos.

banner-noticias (002)
250 milhões para acionistas e 7 para colaboradores

Na proposta que vai submeter à aprovação dos acionistas a Navigator refere que o dividendo regular traduz o pagamento de um total de 170 milhões de euros. Já as reservas livres representam um desembolso de 80 milhões de euros, pelo que no total os acionistas vão receber 250 milhões de euros em dividendos.

Na proposta de distribuição de resultados a Navigator contempla também o pagamento de 7 milhões de euros aos colaboradores, por participação nos lucros do exercício do ano passado.

Este valor também representa um aumento de 16,6%, já que em 2016 os colaboradores receberam 6 milhões de euros.

Nas propostas que vai submeter aos acionistas, a Navigator vai ainda colocar à aprovação dos acionistas a revogação da decisão de alterar o período anual de prestação de contas, que continua assim a decorrer entre o dia 1 de Janeiro e o dia 31 de Dezembro de cada ano.

jornaldenegocios.pt

Comente com Facebook

Comentários